Éderson reclama da arbitragem na eliminação do Vasco: "Atrapalhou"

Do UOL, em São Paulo

Autor de um dos gols do Vasco no empate com o Santos por 2 a 2 em São Januário, nesta quarta-feira (21), que rendeu a eliminação na Copa do Brasil, Éderson afirmou que a arbitragem atrapalhou a equipe Cruzmaltina.

Quando o Vasco vencia o jogo por 2 a 1 e buscava um gol para levar a partida para os pênaltis, Alan recebeu suposta falta não marcada pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima, que mandou o jogo seguir. No contra-ataque, o Santos empatou o jogo, praticamente acabando com as chances de reação do Cruzmaltino aos 38 minutos do segundo tempo.

"Todos vimos que foi falta, está todo mundo falando aí que foi falta, mas infelizmente o árbitro não deu. Acho que naquele momento ele atrapalhou, pela circunstância do jogo, a gente poderia ter feito o terceiro gol, mas eles fizeram o segundo no contra-ataque", afirmou Éderson após a partida em São Januário.

O técnico Jorginho seguiu a linha de raciocínio do seu jogador, e foi além ao dizer que a atuação do árbitro foi "muita decisiva" para eliminação do Vasco.

"Teve um pênalti claro e depois tomamos o empate em um lance que iniciou com falta clara no Alan. Foi muito decisivo", disse Jorginho na entrevista coletiva. 

Torcedores atiram objetos no gramado

Após o término da partida, já com o Vasco eliminado, alguns torcedores mais indignados atiraram objetos em direção à equipe de arbitragem. O juiz da partida, inclusive, deixou o gramado de São Januário com um tênis na mão.

Caso Jean Pierre Gonçalves Lima relate o fato na súmula da partida, o Vasco pode ser denunciado e punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos