Roth fala em evolução apesar da derrota e valoriza avanço do Inter

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional se classificou, mas não aprovou. Celso Roth até falou em evolução, mas preferiu fugir de uma avaliação direta do desempenho diante do Fortaleza, nesta quinta-feira (22). O treinador preferiu valorizar a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, obtida no saldo de gols, após ser derrotado na Arena Castelao.

"Essa passagem de fase, mesmo com a derrota, demonstra evolução. É isso que estamos procurando", afirmou Celso Roth. "Não tenho dúvida disso, o grupo está trabalhando muito. Não tenho nenhuma dúvida disso, até por aquilo que o time está mostrando para vocês", completou depois.

Com o 3 a 0 na partida de ida, em Porto Alegre, o Inter se deu ao luxo de escalar uma equipe quase toda reserva. As oito mudanças em relação ao time que perdeu para o América-MG devoraram qualquer chance de entrosamento ou dinâmica de jogo.

"Era o que queríamos (a classificação), não com esse resultado. Mas isso é o importante no momento. E também a utilização de outros jogadores, dar chance para eles", disse.

A escalação do Inter teve o improviso de Alex na lateral esquerda, resgate de Anderson ao time titular e até a estreia de Brenner. O centroavante foi contratado em março, após bom Gauchão pelo Juventude, mas ainda não tinha entrado em campo.

"Nós mudamos oito jogadores para esse jogo. O que estou procurando, independente de ser três ou dois volantes, é o equilíbrio do Internacional. Independentemente de ter sido contra o lanterna. Coloquei aqui para avaliar, para todos nós avaliarmos, e termos ideia", argumentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos