Roth cita autoestima do Inter e vê melhora mesmo com 6ª derrota seguida

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional perdeu para o Santos, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, mas saiu satisfeito. O placar de 2 a 1 deixa a vaga aberta, mas o contentamento é centralizado na atuação dentro da Vila Belmiro. Nas palavras de Celso Roth, o time gaúcho sai com autoestima elevada após ter um desempenho melhor do que nas últimas partidas.

Antes da bola rolar, o comandante do Inter chegou a citar Albert Einstein ao falar sobre a escalação de um time com oito mudanças.

"Está colocado publicamente que a prioridade é nossa situação no Campeonato Brasileiro. Fizemos um bom jogo, mas saímos tristes pelo resultado. Foi um bom jogo, nos deixa com condição boa para reverter o resultado lá", disse o treinador.

No primeiro tempo o Inter não passou por apuros e ainda conseguiu duas finalizações perigosas de fora da área – com Nico López e Valdívia. No início da etapa final, contudo, a defesa vazou. Em 10 minutos o placar pulou de 0 a 0 para 2 a 0.

"Tivemos dois erros coletivos no início do segundo tempo, ainda nessa síndrome dos extremos dos tempos. Depois fizemos um gol e o time ficou equilibrado. Colocamos jogadores com melhor condição física, o jogo foi desgastante e o Santos também sentiu. Não tem como não sentir, por conta do calendário. O primeiro tempo mostrou muita qualidade", comentou.

Vitinho saiu do banco de reservas e cobrou falta rasteira, do lado da área. A bola ainda desviou em Seijas e acabou no fundo do gol do Santos. Não só por ter reduzido a diferença no placar, tampouco pelo critério do gol fora de casa. O simples fato de marcar deu alento.

"Estamos tristes e lamentando o resultado. Mas animicamente foi interessante vir e fazer um jogo dessa forma. Saber que estamos recuperando a autoestima, principalmente", finalizou.

A derrota em Santos foi a sexta consecutiva do Internacional sob o comando de Celso Roth. Apesar da série, o treinador é respaldado pela diretoria. Pelo menos até sábado, quando o Colorado recebe o Figueirense pela 28ª rodada do Brasileirão. Por ser um confronto direto contra o rebaixamento, o jogo tem caráter decisivo não só na luta para fugir da degola, mas também para o futuro da comissão técnica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos