Santos e Inter fazem duelo de 'remendados' e esfriam clima de guerra

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Santos e Inter realizaram duelo cercado de polêmicas no início deste mês no Brasileiro

    Santos e Inter realizaram duelo cercado de polêmicas no início deste mês no Brasileiro

Santos e Internacional se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A partida tinha tudo para ocorrer em "clima de guerra". Isso porque, no início deste mês, o Inter venceu o alvinegro praiano por 2 a 1 em um jogo polêmico devido à arbitragem de Rodrigo Raposo, que disparou cartões amarelos contra os santistas e expulsou Lucas Lima ainda no primeiro tempo por "cera".

Os santistas ficaram revoltados com o juiz e, principalmente, com Sérgio Corrêa, presidente da comissão de arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). No entanto, a cúpula santista também ficou indignada com o presidente do Internacional, Vitorio Piffero, que contrariou o presidente do Santos, Modesto Roma, publicamente, ao defender Rodrigo Raposo e negar má intenção da arbitragem.

O Santos está com o Internacional "engasgado" por causa deste jogo. Além disso, o clube gaúcho venceu a equipe santista no primeiro turno do Brasileiro, na Vila Belmiro.

Entretanto, o "clima de guerra" esfriou um pouco devido às escalações de Santos e Inter. O time da casa entra em campo com quatro desfalques. Ricardo Oliveira, Vitor Bueno e Gustavo Henrique estão lesionados. Se não bastasse, o substituto imediato de Bueno, o meia Jean Mota, não pode jogar a Copa do Brasil, pois já defendeu o Fortaleza na competição.

O Internacional, por sua vez, entra em campo com time reserva. Os gaúchos priorizam a fuga do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. No próximo final de semana, o Inter tem duelo decisivo contra o Figueirense, time que briga diretamente com os gaúchos na zona da degola.

O Internacional possui apenas uma vitória em 19 jogos no Brasileirão. Ganhou sete partidas em 27 disputadas. Na conta dos gaúchos, eles precisam de seis vitórias em onze jogos restantes para escaparem da Série B.

"Não, de jeito nenhum (time reserva facilita para o Santos). Pessoal vai querer mostrar serviço se for o caso de vir com time reserva. É uma equipe qualificada, grandes jogadores. Tenho certeza que vão fazer um grande jogo e dificultar bastante pra gente. Independentemente da equipe mista ou não, temos que focar nessa partida e fazer o resultado dentro de casa para podermos ter mais tranquilidade fora de casa", afirmou o zagueiro Luiz Felipe, do Santos.

Para o duelo contra o Inter, Dorival Júnior deve escalar Vecchio no lugar de Vitor Bueno. No ataque, Rodrigão segue na vaga de Ricardo Oliveira. Já na defesa, David Braz assume a posição ao lado de Luiz Felipe, já que Gustavo Henrique passará por cirurgia ligamentar no joelho esquerdo e ficará longe dos gramados por seis meses.

Ficha Técnica - Santos x Inter 

Data e horário: 28/09/2016, às 19h30 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
 
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz, Zeca; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima, Vecchio, Copete; Rodrigão.
Técnico: Dorival Júnior. 
 
Internacional: Danilo Fernandes; Rak, Eduardo, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Eduardo Henrique e Seijas; Valdívia e Nico López
Técnico: Celso Roth.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos