Como a Copa do Brasil pode interferir na escalação do Grêmio para o Gre-Nal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Renato Gaúcho irá definir se o Grêmio jogará com titulares ou não contra o Inter

    Renato Gaúcho irá definir se o Grêmio jogará com titulares ou não contra o Inter

A Copa do Brasil virou prioridade para o Grêmio. Tanto que no último domingo, reservas foram utilizados contra o Santos, pelo Brasileiro. E avançar na competição pode significar ainda mais. O Tricolor não descarta colocar reservas no clássico Gre-Nal do próximo domingo. 

Contra o Palmeiras às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o Grêmio defende vantagem pois venceu o compromisso de ida por 2 a 1, em Porto Alegre. Segue na competição com qualquer vitória ou empate. Até mesmo se perder por um gol de diferença pode garantir classificação, basta marcar dois ou mais como visitante. 
 
E a prioridade na Copa já está estabelecida. A partida contra o Santos deixou claro que se for necessário optar, o time de Renato Gaúcho terá força máxima apenas na competição em que o título está mais perto. E como o duelo semifinal já será aberto na semana que vem, o clássico Gre-Nal seria relegado a segundo plano. 
 
"Temos de 25 a 30 jogadores capazes de enfrentar qualquer adversário. Quem vai jogar é o Renato que escolhe. Nosso papel é estar sempre preparado para aproveitar a oportunidade que aparecer", disse o volante Ramiro. 
 
O Grêmio não trabalha publicamente com a utilização de reservas no clássico. Até para manter o mistério - natural em jogos desta grandeza - não estabelece qualquer critério ou indica qual equipe terá em campo. E também porque precisa esperar avançar ou não diante do alviverde. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos