Palmeiras bloqueia câmera de segurança da WTorre no camarote de Paulo Nobre

Danilo Lavieri e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

Diante da fiscalização em tempo real da WTorre no camarote da presidência do Palmeiras, Paulo Nobre e companhia decidiram tomar uma atitude drástica. Nesta quarta-feira, antes da partida contra o Grêmio, a diretoria do time alviverde colocou uma fita para cobrir a câmera instalada no local.

A reportagem do UOL Esporte teve acesso às imagens. Um segurança do Palmeiras cobre a câmera com uma fita e impede a gravação em tempo real do espaço no qual Paulo Nobre assiste aos jogos do clube.

A ação ocorreu às 21h20 (de Brasília), minutos antes de a bola rolar no Allianz Parque para Palmeiras e Grêmio. O time gaúcho arrancou um empate por 1 a 1, em São Paulo, e avançou à semifinal da Copa do Brasil.

Procurado pela reportagem do UOL Esporte ainda na noite desta quarta-feira, logo após o resultado que decretou a queda palmeirense no torneio, Paulo Nobre, por meio de sua assessoria, preferiu não comentar o assunto.

A WTorre instalou a câmera no local por motivos de segurança após as confusões envolvendo o presidente palmeirense nos corredores do estádio durante jogo contra o Flamengo pelo Brasileiro.

A atitude agressiva do dirigente foi filmada, e a Real Arenas (empresa aberta pela WTorre para gerenciar o Allianz Parque) chegou a cogitar registrar um Boletim de Ocorrência contra o dirigente, o que não ocorreu.

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos