Cuca detona gramado do Allianz Parque e evita culpar Allione após expulsão

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

Eliminado da Copa do Brasil, o técnico Cuca aliviou a bronca em cima de Allione. No segundo tempo da partida contra o Grêmio, o argentino fez falta dura em Everton e viu o cartão vermelho. Na sequência, o time gaúcho empatou o jogo e avançou na competição. O que o treinador não gostou foi ver a qualidade do gramado do Allianz Parque.

"Teve um excesso de força do Allione, que era passível de expulsão. E aí vira outro jogo", afirmou Cuca, em entrevista coletiva, antes de defender o jogador. "Ele tem 21 anos, é um menino. "Hoje, infelizmente, foi expulso, mas não é culpa dele a derrota. Não quis ser expulso, está muito abatido lá dentro (no vestiário). Sentiu o golpe, pediu desculpas aos companheiros, nem precisava. Ele viu que entrou desproporcional no lance".

Cuca comentou ainda sobre a situação do gramado do Allianz Parque. Após uma série de shows, o palco da partida se mostrou bastante aquém do esperado. "Acho um absurdo um time como o Palmeiras ter um gramado desses para jogar. Não perdemos por causa do gramado. Mas é um time de primeira linha do futebol brasileiro, o pessoal tem que cuidar melhor do gramado. Não me pergunte como, mas está horrível o gramado".

O Palmeiras volta a campo no próximo domingo (23), contra o Sport. A partida acontecerá às 17h, horário brasileiro de verão, no Allianz Parque. A equipe lidera o Campeonato Brasileiro com 64 pontos, sete a mais que o Flamengo, que tem uma partida a menos – os pontos do Fla-Flu foram suspensos.

Confira outros momentos da entrevista coletiva de Cuca:

Titulares poupados

"O que é primordial para nós? Se tiver que optar por uma, é aquela que está mais próxima. Se ganharmos mais quatro jogos, possivelmente seremos campeões. Para não correr o risco de perder jogadores desgastados. Mina, Vitor Hugo, Tchê Tchê, Jean, Zé Roberto. Hoje eu perdi o Fabiano - e como ele está melhorando! Agora, a gente deseja boa sorte ao Grêmio na caminhada deles, e vamos seguir nossa caminhada contra o Sport".

Gabriel Jesus atuando pelos lados

"Sabe jogar do lado, do outro, fazer o segundo atacante. Uma pena ter perdido o Allione, porque tinha ideia de pôr o Gabriel como segundo atacante. O Barrios pediu para sair, mas gostei dele hoje. Ele foi quem abria o caminho para as jogadas, fazia o pivô. Jogou muito bem. Da minha estada até hoje, acho que foi a melhor partida que ele fez".

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos