Renato não reclama de árbitro e diz que falava com Douglas em expulsão

Do UOL, em Porto Alegre

Renato Gaúcho foi expulso aos 26 minutos do segundo tempo. Viu dos vestiários o empate do Grêmio com Everton, que significou a classificação contra o Palmeiras nesta quarta-feira (19). E depois da partida, evitou reclamar do árbitro. Só alegou que estava falando com Douglas quando foi expulso. 

"Eu não falei nada para ele (juiz). Minha testemunha é o quarto árbitro. Eu chamo atenção duramente do meu jogador, do Douglas. E o árbitro estava um pouco longe e achou que era com ele. O quarto árbitro viu. Eu falei com ele, e ele me justificou: agora ele já te expulsou. Mas e daí, como é que fica?", reclamou Renato. 
 
O treinador precisará cumprir suspensão automática e dará lugar ao auxiliar Alexandre Mendes no jogo de ida contra o Cruzeiro, pela fase semifinal da Copa do Brasil. O jogo ainda não tem mando definido. Um sorteio na quinta-feira irá determinar o local da partida. 
 
"Não gosto de falar de arbitragem, não falo com árbitros. Ele teve uma excelente arbitragem. Humildemente eu estou falando que me dirigia a meu jogador, não era com ele. Minha testemunha é o quarto árbitro. Eu sinalizei com as mãos, reclamei, mas era tudo com o Douglas", disse o técnico. 
 
Antes de pegar o Cruzeiro, o Grêmio se prepara para o clássico Gre-Nal do próximo domingo. Na Arena, o jogo vale pelo Brasileirão e está marcado para as 17h (horário de Brasília). 
 
Quer receber notícias do Grêmio de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.
 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos