WTorre responde a Cuca e jogadores e se defende sobre gramado

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • José Edgar de Matos/UOL Esporte

    Condições do gramado geraram novo conflito entre Palmeiras e WTorre

    Condições do gramado geraram novo conflito entre Palmeiras e WTorre

Depois das reclamações públicas de Cuca e jogadores do Palmeiras, a WTorre se manifestou sobre as condições do gramado do Allianz Parque. Por meio de nota enviada à reportagem na tarde desta quinta-feira, a construtora se defendeu das críticas e garantiu que o terreno de jogo passou por vistoria técnica do próprio clube.

"O Allianz Parque informa que o campo de jogo foi liberado para a partida da última quarta-feira por apresentar as condições técnicas para o jogo [...]. Essa condição, inclusive, foi constatada pelo próprio clube em vistoria técnica realizada na manhã da última terça-feira", escreveu a WTorre.

As reclamações sobre o gramado ocorreram no primeiro jogo ocorrido após dois grandes shows no Allianz Parque. O Palmeiras, com uma equipe majoritariamente reserva, empatou por 1 a 1 com o Grêmio e caiu nas quartas de final da Copa do Brasil.

Na semana passada, o tenor italiano Andrea Bocelli e a banda Aerosmith se apresentaram; em ambas as apresentações, todo o gramado recebeu a estrutura para receber os espetáculos.

O Allianz Parque receberá ainda mais duas apresentações antes do encerramento do Campeonato Brasileiro; restam sete rodadas para o final da competição nacional, e o time alviverde lidera com 64 pontos, quatro a mais do que o vice-líder Flamengo.

A cantora americana Mariah Carey se apresentará em 1º de novembro; cinco dias depois, a equipe alviverde recebe o Internacional no Allianz Parque. 

A banda Guns N'Roses possui dois shows na arena, marcados para 11 e 12 do próximo mês. Em virtude da Data Fifa, o Palmeiras entra em campo como mandante somente em 20 de novembro, quando receberá o Botafogo.

Confira na íntegra a nota enviada pela WTorre:

O Allianz Parque informa que o campo de jogo foi liberado para a partida da última quarta-feira por apresentar as condições técnicas para o jogo, segundo a consultoria que monitora o gramado, bem como a empresa especializada responsável pela manutenção do campo de jogo. Essa condição, inclusive, foi constatada pelo próprio clube em vistoria técnica realizada na manhã da última terça-feira (18).

Apesar de apresentar diferentes tons de verde, por conta da cobertura realizada para proteger o gramado durante a realização dos eventos, as condições de nivelamento e densidade de piso garantiam, segundo os especialistas, não apenas a qualidade técnica, mas também a segurança dos atletas envolvidos na partida. 

O Palmeiras e sua torcida têm hoje uma das casas mais belas e modernas do futebol mundial. Um empreendimento que demandou investimento superior a R$ 600 milhões -- em valores de 2014 -- e que trouxe para o país um novo modelo de negócios: investimento totalmente privado, sem onerar o clube e baseado na promoção de múltiplas atividades, a exemplo das mais bem sucedidas arenas internacionais. É esse modelo de negócios que permite não apenas manter, como melhorar continuamente as condições e a estrutura da arena, motivo de orgulho para os palmeirenses.

Essa filosofia de melhoria contínua resulta em um investimento permanente em equipamentos e aperfeiçoamento dos profissionais responsáveis pelo gramado. Como exemplo dessa filosofia na prática, lembramos a completa substituição do antigo gramado, realizada entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016, além da criação de um viveiro na própria arena, em março deste ano.

WTORRE

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos