Anderson ganha nova chance no time, e Inter pede trégua da torcida com meia

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação SC Internacional

Anderson será titular do Internacional contra o Atlético-MG, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. E simultaneamente ao treino que confirmou o time misto do Colorado, a diretoria pediu compreensão com o meia.

Fernando Carvalho, vice de futebol do Inter, citou recuperação de problema físico e desempenho nos treinos para explicar a nova chance a Anderson.

"O time alternativo do treinador lançará mão do Anderson e ele é um jogador polêmico, não teve boas atuações recentemente. Desde que cheguei, procurei saber a situação do atleta e ele estava acima do peso, com deficiência de cerca de 40% em uma das pernas. Agora ele emagreceu, o índice de gordura corporal baixou e está voando nos treinamentos", disse Carvalho.

No Beira-Rio desde o começo de 2015, Anderson nunca deslanchou. Jamais se firmou no time titular. E 11 dias atrás, trocou socos com William durante treino. A torcida apoio o lateral e aumentou as críticas ao ex-jogador de Grêmio e Manchester United.

"Ele se envolveu em uma polêmica com o William recentemente, ficou uma animosididade com a torcida e ele foi vaiado pela torcida. Faço um pedido ao torcedor: ele jogará no nosso meio-campo. Precisamos que a torcida releve. Ele terá  mais uma chance, fruto do seu trabalho. Peço que o torcedor prestige o time e o Anderson. O anderson é um soldado, a torcida é nosso exército", afirmou o dirigente.

O time do Inter definido no treino: Danilo Fernandes; Fabinho, Alan Costa, Paulão e Geferson; Rodrigo Dourado, Eduardo Henrique, William, Anderson e Alex; Aylon.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos