Pratto aprimora pontaria e precisa de menos tentativas para fazer os gols

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Cristiane Mattos/Futura Press

    Lucas Pratto tem 18 gols na temporada, sendo quatro na Copa do Brasil

    Lucas Pratto tem 18 gols na temporada, sendo quatro na Copa do Brasil

Em 2015, Lucas Pratto foi o artilheiro do Atlético-MG. Contratado para ser o camisa 9 na temporada, já com a saída de Diego Tardelli encaminhada, cumpriu o que se esperava. Foi o goleador alvinegro no ano. Em 2016, Pratto não é o artilheiro do clube na temporada, posto ocupado por Robinho e que dificilmente será superado por algum companheiro. Mas o argentino está ainda melhor nesta temporada, ao menos no quesito pontaria.

Embora tenha menos do que no ano passado, o argentino tem mostrado uma enorme precisão neste segundo semestre. Pratto precisa de pouco mais de três tentativas para fazer um gol. Desde que retornou ao time, após ficar dois meses parado por causa de uma lesão na panturrilha direita, o centroavante do Atlético-MG marcou nove gols em 32 finalizações.

Considerando os números da última temporada, Pratto precisava de sete tentativas para fazer um gol. Isso contando todas competições disputadas pelo Atlético em 2015, incluindo Campeonato Mineiro e Copa Libertadores. Considerando apenas Brasileirão e Copa do Brasil, o atacante precisa de ainda mais oportunidades para finalizar. A média nas competições nacionais foi de um gol a cada oito chutes.

O Atlético está na final da Copa do Brasil muito em função do grande momento do atacante. Pratto foi o único jogador a fazer gols nos três adversários que o time alvinegro teve pelo caminho, Ponte Preta, Juventude e Internacional. Aliás, contra o Inter, Pratto participou dos quatro gols atleticanos no confronto, fazendo dois e dando duas assistências.

A boa fase rendeu convocações para a seleção argentina e a titularidade ao lado de Lionel Messi, deixando Híguain e Aguero, jogadores consagrados no futebol europeu, no banco de reservas. Mesmo assim, Pratto quer o título da Copa do Brasil para dizer que vive a melhor fase da carreira.

"Espero que seja na final o meu melhor momento. Seria bom que fossem os dois melhores do ano na final. Aí sim eu diria que é o meu melhor momento", disse o centroavante, que foi campeão mineiro em 2015, mas ainda busca uma grande conquista com a camisa atleticana.

"Desde que cheguei eu estou esperando conquistar um título importante. Agora tenha a oportunidade de disputar essa final, que é muito importante para mim e para todo o time. Seria fantástico conquistar o título e entrar na grande história do clube", completou o atacante, uma das esperanças do Atlético na decisão com o Grêmio.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos