Pressionado por conquistas, Marcelo recebe apoio de craque do Atlético-MG

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Flickr/Clube Atlético Mineiro

    Marcelo Oliveira está pressionado por bons resultados no Atlético-MG

    Marcelo Oliveira está pressionado por bons resultados no Atlético-MG

Embora tenha contrato até dezembro de 2017, Marcelo Oliveira não tem presença garantida no Atlético-MG para a próxima temporada. Um fracasso na Copa do Brasil, acumulado com a ausência no G-3 do Campeonato Brasileiro, coloca em xeque a manutenção do técnico na Cidade do Galo.

Horas antes da partida de ida da final da Copa do Brasil, o treinador garantiu não temer uma rescisão contratual antes de seu vencimento em caso de eliminação. Pelo contrário. Ele reforçou o foco na decisão diante do Grêmio, nesta quarta-feira (23), no Mineirão.

"Não penso nisso. Fiz um contrato até 2017. Esse sofrimento eu não tenho. Pessoas de fora (do Atlético-MG) têm sofrido mais do que eu. O melhor vai acontecer e nada acontece por acaso. O trabalho é avaliado jogo a jogo e eu tento fazer o melhor", declarou.

Com a permanência atrelada aos resultados obtidos na reta final da temporada, Marcelo Oliveira conta com a adoração por parte dos atletas. Principal nome da equipe, Robinho reforça o desejo de contar com o técnico no ano seguinte.

"Espero que ele fique sim. É um excelente treinador. Ele já tem responsabilidade porque o elenco tem grandes jogadores. A cobrança é grande. Durante a temporada, tivemos vários jogadores lesionados", declarou.

"Em cima dele, a cobrança é grande porque ele tem de fazer o time jogar de forma espetacular. Espero que nessa reta final possamos mostrar grande futebol e ele continuar no ano que vem", acrescentou.

O Atlético começa a decidir o seu futuro na Copa do Brasil nesta quarta-feira (23), às 21h45 (de Brasília), diante do Grêmio. A finalíssima será disputada em 30 de novembro, no mesmo horário, na Arena homônima do clube gaúcho.

Ficha técnica
Atlético-MG x Grêmio

Motivo: jogo de ida da final da Copa do Brasil
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de novembro de 2016 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassolz (Fifa/PE)
Assistentes: Rodrigo F Henrique Correa (Fifa/RJ) e Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa/SC)

Atlético-MG
Victor; Carlos César (Marcos Rocha), Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso e Maicosuel; Clayton (Juan Cazares), Robinho e Lucas Pratto.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Grêmio
Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel (Rafael Thyere), Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon, Walace, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.
Técnico: Renato Portaluppi.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos