Telão, papel picado e alerta contra 'já ganhou': Grêmio respira a decisão

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Washington Alves/Reuters

    O Grêmio de Marcelo Grohe (f) pode voltar a ser campeão depois de 15 anos

    O Grêmio de Marcelo Grohe (f) pode voltar a ser campeão depois de 15 anos

O Grêmio jogou neste domingo (27) pelo Brasileirão, mas nem parece. Mandou a campo um time reserva e nem mesmo a comissão técnica principal esteve presente na goleada sofrida para o Santa Cruz. O foco é total na final da Copa do Brasil. Os titulares treinaram nos dois dias do fim de semana, a torcida organizou mutirão para recepção do time na quarta e o clube se prepara para um momento histórico. 

Por ter vencido o compromisso de ida contra o Atlético-MG por 3 a 1, o Tricolor será campeão até mesmo perdendo em casa por um gol de diferença. Por isso, mesmo que alerte contra o espírito de 'já ganhou', prepara-se uma grande festa. 
 
Já está definido que haverá um telão instalado na Avenida Goethe, em Porto Alegre. A localidade costuma receber grandes festas de título das equipes da capital gaúcha. Por lá haverá concentração dos milhares de torcedores que não conseguiram comprar ingressos. 
 
Até porque em pouco mais de 24 horas todos os bilhetes para Arena foram esgotados. E na chegada dos jogadores por lá, muita festa os espera. Sinalizadores e papel picado para o lado de fora e também o momento de entrada no estádio estão sendo preparados. No sábado houve um mutirão realizado pela organizada Geral do Grêmio a fim de elaborar a maior quantidade possível de materiais para o jogo. 
 
A banda da torcida também estará presente. Depois de ser punida pelo Ministério Público, os instrumentos da Geral serão liberados na final para ditarem o ritmo das músicas entoadas pelos aficionados. 

Grupo alerta contra 'já ganhou'

Enquanto a torcida organiza festa, o elenco de jogadores está 'blindado'. Renato Gaúcho fez questão de alertar a todos que não há nada definido. "Assim como nós ganhamos lá, eles podem nos ganhar aqui", disse o treinador sobre o compromisso de volta. 
 
Para garantir que nenhum fator externo influencie o elenco, a concentração começará já nesta segunda-feira (28), com refeições e sono controlado no hotel que normalmente recebe os jogadores em momentos decisivos. 
 
Por lá, muitas palestras, vídeos com marcações táticas e além disso conversas com objetivo de não deixar o elenco desatento em um jogo com tamanha vantagem. O Grêmio só perdeu por mais de dois gols de diferença uma vez em toda história da Arena, diante do Sport, quando já não disputava praticamente mais nada pelo Brasileiro. Contra o Cruzeiro, com vantagem idêntica na Copa do Brasil, segurou o 0 a 0 e a classificação. 
 
"Muitos dos jogadores do nosso elenco não conquistar um título. E não tem explicação do que é dar uma volta olímpica. Só vivendo para saber. É isso que tenho que passar para eles. Que entrem para a história do clube", disse Renato Gaúcho na última semana. 
 
Não há dúvidas na equipe, mesmo assim os últimos treinos devem ser fechados. Outro sinal que mesmo dias distante, o Grêmio respira a chance de quebrar um jejum de títulos de 15 anos. Tudo passa pela próxima quarta-feira, a partir das 21h45 (horário de Brasília). 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos