Jogadores do Grêmio invadem coletiva e dão banho de espumante em Renato

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Os jogadores do Grêmio esperaram o técnico Renato Gaúcho entrar na sala de coletivas nesta quarta-feira (07) após o título da Copa do Brasil. Em silêncio, em seguida, invadiram a sala munidos de garrafas de espumante gelo, água e instrumentos. Deram um banho no treinador, que concedeu entrevista coletiva totalmente molhado. 

"Acho que vocês estão vendo alguns pela última vez", brincou o treinador quando conseguiu se recompor. "Estou todo ardendo, vamos lá, falo assim mesmo", completou sorrindo. 

Carol Portaluppi, que estava junto na coletiva, também sofreu. A filha do treinador levou o mesmo banho e deixou a sala antes de o treinador começar a se manifestar. 

No fim, Walace entrou na sala munido de uma lata de cerveja. Arremessou o líquido em ambos. "Para, agora", disse Carol já não tão animada. Sorriu, em seguida. O cheiro das bebidas tomou conta da sala de imprensa.

Depois de 15 anos, o Grêmio voltou a conquistar um título nacional ao empatar em 1 a 1 com o Atlético-MG, em casa, e ser campeão da Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos