Garçom por duas vezes na estreia, Thiago Neves minimiza meta de assistência

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Em sua entrevista coletiva da última terça-feira, Thiago Neves revelou que costuma sempre traçar uma meta de gols e assistências nos clubes por onde passa. Para este ano, o jogador quer balançar as redes por pelo menos 20 vezes, além de oferecer de 15 a 20 assistências. E o começo do camisa 30 do Cruzeiro foi com o pé direito. Na goleada por 6 a 0 diante do São Francisco-PA, o meia passou em branco na hora de marcar, mas presenteou Rafael Sóbis por duas vezes.

"Fiquei (satisfeito com a estreia). O importante era ganhar o jogo. O time fez um primeiro tempo excelente. A gente sabia que tinha que pressionar o time deles para fazer o gol logo", comentou Thiago, que deixou o campo de jogo aos 20 minutos do segundo tempo.

O gol na estreia poderia ter saído ainda antes dos dez minutos de jogo. Porém, a jogada pela esquerda que resultaria no gol de Thiago Neves foi mal anulada pelo bandeirinha. Pouco depois, jogando pelo lado direito, o meia ganhou a torcida com dois passes precisos para Rafael Sóbis e ofereceu suas duas primeiras assistências pelo Cruzeiro.

"Eu coloquei uma meta e espero alcançá-la, mas o mais importante era vencer o jogo e se classificar".

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos