T. Neves estreia bem, mas Sóbis rouba a cena e faz 4 em goleada do Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Foi fácil demais. O Cruzeiro passou sem dificuldades por seu segundo desafio na Copa do Brasil. Nesta noite de quarta-feira, o time mineiro recebeu o São Francisco-PA e venceu por 6 a 0, sendo cinco gols ainda antes do intervalo.  A partida foi realizada no Mineirão e terminou com a maior goleada celeste desde que o estádio foi reinaugurado em 2013.

O grande nome do jogo foi Rafael Sóbis, autor de quatro gols. Os outros a marcarem foram Robinho e Arrascaeta. Estreante da noite, Thiago Neves não marcou, mas foi garçom por duas vezes.

Com o resultado, o Cruzeiro irá enfrentar o Murici-AL na terceira fase da competição. Também nesta quarta-feira, o time alagoano empatou sem gols contra o América-MG, mas superou o Coelho por 5 a 4 nos pênaltis.

Inspiradíssimo, Sóbis rouba a cena e marca quatro vezes

Washington Alves/Cruzeiro

Os holofotes estavam todos voltados para a estreia de Thiago Neves, mas quem roubou a cena foi Rafael Sóbis. Com quatro gols, o camisa 7 foi o grande nome da partida e assumiu a artilharia isolada do clube na temporada, agora com seis gols.

Cruzeiro joga sério, coloca paraenses na roda e passeia

Não foi só o adversário (muito) inferior tecnicamente. O Cruzeiro entrou em campo disposto a vencer e convencer. Com boa marcação, velocidade e comprometimento, o time mineiro sobrou em campo. As roubadas de bola e toques rápidos foram os pontos fortes da Raposa na construção de seus gols, que começaram logo aos três minutos de jogo. A equipe só esboçou uma relaxada no final do primeiro tempo, mas permaneceu sem levar qualquer tipo de susto. Apesar de diminuir o ritmo, ainda coube mais um gol, desta vez de Arrascaeta, pegando o rebote no chutaço de Lucas Silva que explodiu no travessão.

Bandeira impede gol, mas 'TN30' estreia com duas assistências

Washington Alves/Cruzeiro

Thiago Neves começou a partida caindo pelo lado direito, enquanto Robinho atuou centralizado e Arrascaeta jogou no flanco esquerdo. Antes dos dez minutos, o camisa 30 chegou a balançar as redes, mas a arbitragem marcou um impedimento inexistente na jogada. Apesar de passar em branco no restante da partida, Thiago Neves ainda ganharia destaque em dois passes para gol de Rafael Sóbis. Aplaudido, saiu de campo aos 20 do segundo tempo.

Retranca esperada não aconteceu e São Francisco é castigado

O São Francisco veio para Minas Gerais sonhando em surpreender o Cruzeiro e fazer história no Mineirão. Mas na prática a estratégia esteve longe de acontecer. Marcando mal, os visitantes não apresentaram uma postura fechada em campo, o que só aumentou a velocidade dos gols sofridos. Sem conseguir subir ao ataque, a equipe ainda vacilava na hora de dar o bote, cedia ainda mais espaços e via sua defesa novamente quebrada pela rapidez das ações mineiras. Caíram na roda e só chutaram ao gol de Rafael no início do segundo tempo, quando o Cruzeiro já não adiantava tanto suas linhas e se permitia ser atacado.

Maior goleada e gol 500 no novo Mineirão

Washington Alves/Cruzeiro

O gol de Robinho, anotado aos 16 minutos do primeiro tempo, foi o de número 500 no 'novo Mineirão'. Além disso, desde que o estádio foi reinaugurado, o Cruzeiro nunca tinha vencido um adversário por uma margem tão grande. Suas maiores vitória aconteceram diante do Nacional, Atlético-GO (ambas em 2013) e Santa Rita-AL (em 2014), por 5 a 0.

CRUZEIRO 6x0 SÃO FRANCISCO-PA
Motivo: 2ª fase, Copa do Brasil 2017
Data/Hora: 22/02/2017, às 21h45
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Assistentes: Edson Antonio de Sousa (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)

GOLS: Rafael Sóbis, 3'1ºT (1-0); Robinho, 16'1ºT (2-0); Rafael Sóbis, 21'1ºT (3-0); 25'2ºT (4-0); 36'1ºT (5-0); Arrascaeta, 31'2ºT (6-0)
Cartão amarelo: Thiago Marabá (SFR)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 10.096 pagantes/R$186.613,00.

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Léo, Kunty Caicedo (Manoel - 36'2ºT) e Diogo Barbosa; Henrique (Lucas Silva - 27'2ºT) e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves (Alisson - 19'2ºT) e Arrascaeta; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes.

São Francisco-PA: Labilá; Diogo, Charles, Marcos Alemão e He-Man; Rodrigo Santarém, Sousa, Murilo e Tiago Marabá (Heliton44'2ºT); Fábio Paulista (Thiago Floriano - Intervalo) e Bartola (Juninho - Intervalo). Técnico: Walter Lima.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos