Após gol improvável, Wagner comemora noite de herói no Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

Sem Nenê, com dores musculares, coube a Wagner assumir a condição de assumir a responsabilidade de criar as jogadas do Vasco. Ele fez mais que isso. O jogador assumiu a camisa 10 e marcou o gol da vitória da equipe, que se classificou após eliminar o Vila Nova no sufoco.

Herói da noite, Wagner explicou o gol improvável. Ele aproveitou falha do zagueiro Brunão, que cabeceou errado e acabou dando uma assistência para o vascaíno.

"Olha, acho que ele tentou tirar para o outro lado. Campo molhado, bola molhada a gente tem sempre de ficar atento aos erros dos outros. Acho que tivemos, sim, um pouco de sorte, mas não podemos desistir nunca. No detalhe é que se resolve e foi o que rolou aqui", explicou Wagner.

Curiosamente, Brunão era um dos destaques do jogo e recebeu apoio da torcida, companheiros e até mesmo de adversários. Um deles foi Luan, que usou exemplo próprio para dar ânimo ao companheiro de profissão.

"Menino de 20 anos... Pra mim, estava sendo o melhor da partida até então. Falei para ele que acabei de vir de um jogo em que cometi um pênalti e fomos eliminado. Não pode baixar a cabeça", completou Luan.

Agora o Vasco terá um período de onze dias sem jogos, já que o próximo compromisso será no dia 12 contra o Macaé, no Moacyrzão, pela estreia da Taça Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos