"Não precisava ser tão sofrido", diz Cássio após vitória nos pênaltis

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians precisou de uma decisão por pênaltis para eliminar o Brusque na segunda fase da Copa do Brasil após um empate por 0 a 0  no tempo normal. Após a classificação, o goleiro Cássio reclamou do campo de jogo em Santa Catarina e deu explicações sobre a falta de gols.

"Não precisava ser tão sofrido. É muito difícil, não é arranjando desculpa, mas esse campo favorece o time da casa, o time de menor expressão. Em uma bobeira você toma o gol e de repente não consegue reverter o resultado. Com todo respeito ao Brusque, que foi um time que brigou, tem seu valor. Todo mundo joga de acordo com a regra e a gente está de parabéns pela classificação", disse o goleiro à Fox Sports.
 
"A gente queria ganhar no tempo normal, até tivemos oportunidades de gols e infelizmente não conseguimos fazer o resultado. Mas nos pênaltis a gente foi feliz. A gente sempre trabalha pra defender, infelizmente eu não consegui, mas acredito que nos chutes que foram para fora eles tentaram tirar de mim, por ser um goleiro grande, e acabaram exagerando na força. Eu tentei contribuir, às vezes a gente não pega, acontece com todos os goleiros", continuou.
 
Na decisão por pênaltis, Belusso, Willian, Eliomar e Ricardo Lobo marcaram para o Brusque, enquanto Giovanni Augusto, Maycon, Fagner, Jô e Romero fizeram para o Corinthians. Jadson, João Carlos e Carlos Alberto desperdiçaram suas cobranças. 
 
Com a classificação garantida, o Corinthians enfrentará o Luverdense na terceira fase da competição nacional. Ao contrário do que aconteceu até aqui, a vaga será decidida em dois duelos - os mandos de campo serão definidos nesta quinta-feira, às 12h, na CBF. As partidas serão disputadas nas duas próximas semanas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos