'Campeão do aeroporto': Flu tem novo atraso em voo antes de pegar Criciúma

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Celso Pupo/Estadão Conteúdo

Quando o voo entre Sinop e Cuiabá foi cancelado e os jogadores do Fluminense tiveram de encarar sete horas de estrada, o temor por um desgaste físico desnecessário às vésperas da final da Taça Guanabara foi grande.

Cansaço à parte, a equipe bateu o rival Flamengo e o técnico Abel Braga disse que os quilômetros a mais foram importantes para unir o grupo, estreitar laços e difundir conceitos. Coincidentemente, o Tricolor enfrentou problema semelhante um dia antes do jogo desta quinta diante do Criciúma, às 19h15, também válido pela Copa do Brasil

O elenco também levou um "chá de cadeira" no aeroporto e a chegada, que estava prevista para a parte da tarde, só aconteceu na parte da noite, o que pode ter servido para aumentar ainda mais o entrosamento de uma equipe que vive um bom início de temporada. Não bastasse o mau tempo que atrasou a decolagem, a aeronave que transportaria o elenco também apresentou defeito.

Se os jogadores ainda não estavam muito certos de que a atual fase da competição atual representa um desafio diferente das anteriores, Abel teve um tempo extra para lembrar o elenco que o duelo contra os catarinenses será disputado em jogos de ida e volta, e que o critério de gols fora de casa será decisivo.

"O Abel pediu para a gente entrar concentrado, esquecer o título e dar continuidade ao nosso trabalho. Queremos dar alegria ao nosso torcedor. O grupo está fechado e temos o objetivo de vencer a Copa do Brasil também. O gol fora é importante. Nessa fase da competição, tem que jogar com o regulamento. Nosso time é maduro e sabe disso", disse o zagueiro Renato Chaves.

As duas equipes já se enfrentaram este ano, em jogo válido pela Primeira Liga. Em Juiz de Fora, vitória dos cariocas por 3 a 2.

"A gente vai jogar o nosso futebol, como está fazendo sempre. Não vamos mudar a nossa maneira de jogar. Estamos indo muito bem na temporada e nosso objetivo é manter o mesmo ritmo, o mesmo modo de atuar", afirmou Chaves.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos