Vasco enfrenta Vitória e tabu contra rivais da Série A

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Matheus Alves / Flickr do Vasco

    Meia argentino Escudero reencontrará seu ex-clube, o Vitória

    Meia argentino Escudero reencontrará seu ex-clube, o Vitória

De volta à Série A em 2017, o Vasco novamente se colocará à prova diante de um dos clubes que disputará a elite do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, às 19h15, em São Januário, contra o Vitória, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Cruzmaltino tentará obter o triunfo inicial na temporada sobre uma equipe da Primeira Divisão.

Até aqui, foram três partidas e os resultados ficaram longe de serem satisfatórios. Ainda pela Florida Cup, o time de Cristóvão Borges foi goleado por 4 a 1 para o Corinthians. Em seguida, na estreia no Campeonato Carioca, foi facilmente batido pelo Fluminense por 3 a 0. Já na semifinal da Taça Guanabara, acabou derrotado por 1 a 0 pelo rival Flamengo.

Contratado este ano, o meia Wagner pediu atenção diante dos baianos:

"O Vitória é uma equipe que joga muito ofensivamente. Tem jogadores rápidos. Não vai ser fácil. è sempre complicado. O erro da nossa equipe precisa ser mínimo nesse primeiro jogo em São Januário e o aproveitamento tem que ser o melhor possível, até porque na Bahia vai ser um jogo bastante complicado, ainda mais difícil. Temos que ter atenção do primeiro ao último minuto".

Diferentemente das duas fases anteriores, quando o confronto se definia em partida única, o duelo com o Vitória acontecerá em jogos de ida e volta, com o fator gol fora de casa tendo peso. Por conta disso, Wagner quer um time paciente.

"A gente está jogando diante do nosso torcedor. O fator casa vai estar a nosso favor. Esperamos fazer os gols e não levar. Agora já mudou completamente o panorama do campeonato. Precisamos ter calma, tranquilidade. Pode ser definido na primeira partida e, às vezes, na segunda. O que temos que ter em mente é que são 180 minutos. Ter organização, jogar com inteligência e procurar matar a partida com as chances que conseguirmos", declarou.

Retrospecto desfavorável

O adversário da terceira fase da Copa do Brasil também não traz boas lembranças ao Vasco. O Vitória tem um retrospecto mais favorável nos confrontos com o Cruzmaltino nesta competição. Até aqui, são duas classificações dos baianos e apenas uma dos cariocas.

Reencontro

O duelo desta quinta-feira marcará o reencontro do meia Escudero com o Vitória. O argentino atuou de 2013 a 2015 no Rubro-Negro e se tornou um dos xodós da torcida.

Antes de acertar com o Vasco, Escudero chegou a negociar um retorno ao clube baiano.

VASCO X VITÓRIA
Local:
São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Vasco
Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho (Nenê ou Escudero) e Wagner; Kelvin e Thalles
Técnico: Cristóvão Borges

Vitória
Caíque, Patric, Vinicius, Alan Costa e Euller; Uillian Correia, Bruno Ramires, Gabriel Xavier e Cleiton Xavier; Paulinho e David (André Lima)
Técnico: Argel Fucks
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos