Mano queria mais do Cruzeiro na Copa do Brasil: "Poderia ser mais elástico"

Do UOL, em Belo Horizonte

Mano Menezes ficou bastante satisfeito com o resultado obtido pelo Cruzeiro diante do Murici-AL, pela quarta fase da Copa do Brasil. O treinador, no entanto, crê que o placar agregado (5 a 0) poderia ser mais elástico.

Em entrevista coletiva, o gaúcho enalteceu o volume de jogo de seus comandados e reconhece que os seus atletas deveriam balançar as redes mais vezes:

"A equipe fez os gols que precisava fazer, 5 a 0 na disputa com o Murici. Teve um volume de jogo que poderia terminar com um placar mais elástico. Mas, também, se fizéssemos seis, não iríamos mudar a avaliação que temos dessa disputa. As coisas terminaram bem, é assim que tem que ser. E o que ainda não está como deve estar, vamos trabalhar no dia a dia e melhorar", comentou.

Invicto na temporada com 13 vitórias e um empate, o comandante pontua que o entrosamento da equipe e a seriedade dos atletas têm sido preponderantes para o bom rendimento do time como um todo.

"As decisões que tomamos procuram obedecer a critérios. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Se você descaracteriza a equipe que vem jogando muito, perde o ritmo e se complica, o culpado é o treinador que subestimou o adversário. Sempre digo aos jogadores que não devemos esperar facilidade. Se estou dizendo isso e minhas atitudes vão em outra direção, estarei sendo incoerente junto aos jogadores", salientou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos