Goleador do Inter perde chances 'anormais' e acaba substituído

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Brenner não tem mais a média de um gol por jogo no Inter. Nesta quarta-feira (12), o artilheiro da temporada vermelha não conseguiu manter o ritmo. Acostumado a aproveitar todas as chances, teve ao menos três e não marcou. E o Colorado precisava vencer, mas acabou empatando em 1 a 1 com o Corinthians. 

Brenner não costuma aparecer muito com a bola rolando. Proteger a bola e esperar o avanço dos jogadores de meio é a maior contribuição do centroavante exceto o que faz de melhor: gols. 
 
Mas em um cruzamento de Nico López, Brenner fez o improvável. Acostumado a marcar gols, tinha 13 em 13 jogos até esta quarta, ele tentou cabecear uma bola que se apresentava para chute. Errou muito, caiu sem ela na linha do gol. Cássio pegou tranquilamente. 
 
Choveram cruzamentos na área do Corinthians. Mas sem vitória pessoal de Brenner. Balbuena e Pablo levaram a melhor quase sembre. 
 
Quando venceu, o artilheiro do Inter não conseguiu dar força à bola. E ainda depois, uma bola em que ficou sozinho vinda de D'Alessandro, abaixou-se e acertou 'com o ombro'. Novamente fraca e para fora. 
 
Perto dos 30 do segundo tempo, Antonio Carlos Zago, quem mais aposta em Brenner, desistiu. O treinador promoveu a entrada de Carlos. Com os aplausos da torcida que reconhece a contribuição que ele já deu ao time, o artilheiro viveu algo que ainda não tinha acontecido neste ano: uma jornada longe do ideal. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos