Zagueiro do Flu critica atacante do Goiás por simulação: "Não fiz pênalti"

Do UOL, em São Paulo

O zagueiro Renato Chaves não economizou nas críticas ao jogador Aylon, do Goiás, após o atacante simular uma falta dentro da área. O Fluminense chegou a fazer 1 a 0, mas levou a virada em apenas quatro minutos na reta final do segundo tempo. 

"A gente vem fazer nosso trabalho e ele vem fazer o trabalho dele. Errado é o menino simular pênalti, ele está prejudicando ele mesmo. Todo mundo é honesto aqui. Não foi pênalti. Eu parei, não dei bote nenhum, está claro", disse o zagueiro Renato Chaves.

Aylon, logo em seguida, praticamente confessou que cavou a penalidade máxima convertida por Léo Gamalho, responsável direta pela derrota do Fluminense no Serra Dourada.
 
"Ali é um lance rápido, eu dominei a bola e sabia que ele ia vir para dividir. Ele até parou e tirou o pé, mas tocou e bateu na minha panturrilha, na minha canela. Eu me joguei, a gente precisa da vitória, graças a Deus o juiz deu (o pênalti) e conseguimos virar o jogo
 
A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, no Maracanã. Com o resultado desta quinta, o Fluminense precisa vencer por 1 a 0 para avançar às oitavas de final. Já o Goiás joga por um empate no Rio de Janeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos