Gilberto vê 'retranca' e 'sorte' do Cruzeiro; Cícero lamenta derrota

Do UOL, em São Paulo (SP)

O elenco são-paulino deixou o Morumbi abatido na noite desta quinta-feira. A derrota por 2 a 0, em casa, diante do Cruzeiro, afastou a equipe de uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Para o atacante Gilberto, a sorte foi determinante para a equipe mineira encaminhar a vaga na próxima fase da competição.

"Vieram com uma proposta de retranca contra a gente e tiveram sorte na bola parada; infelizmente, saímos com a derrota. Tivemos volume de jogo, e o importante agora é saber que no próximo jogo teremos que fazer três gols. Não acabou nada", disse Gilberto.

A 'sorte' apontada pelo atacante remete aos dois gols do Cruzeiro, ambos em bolas paradas. No primeiro, Pratto desviou contra o próprio gol, enquanto o ex-são-paulino Hudson se antecipou à defesa para anotar o segundo e sacramentar o resultado positivo.

Este primeiro lance de Pratto, na análise do meio-campista Cícero, serviu para mudar o panorama da partida no Morumbi, que, até então, contava com o São Paulo com o domínio da posse de bola (quase 60%).

"Gol de bola parada muda tudo, aí eles [Cruzeiro] pegaram confiança. A gente estava com a posse de bola e tentando furar, mas o gol de bola parada mudou tudo", disse o jogador na saída do campo no Morumbi.

Para avançar às oitavas de final na Copa do Brasil, o São Paulo precisará de uma vitória por três gols de diferença na próxima quarta-feira, no Mineirão. Um triunfo por dois gols de vantagem, desde que a equipe de Ceni anote três gols em Belo Horizonte, também serve para o time tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos