Hudson não comemora e lembra importância do São Paulo em sua carreira

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O volante Hudson nunca escondeu seu carinho pelo São Paulo. Nesta noite de quinta-feira não foi diferente. Autor de um dos gols do Cruzeiro na vitória por 2 a 0 diante do Tricolor em pleno Morumbi, pela Copa do Brasil, o jogador evitou comemorar em respeito ao time que o projetou para o futebol brasileiro. Em sua saída de campo, Hudson relembrou a oportunidade recebida quando chegou do Botafogo-SP, essencial para brigar pelo seu espaço e construir sua história na equipe paulistana.

"São Paulo apostou em mim quando eu estava em um clube de menor expressão. Fui capitão desse time aqui e respeito muito", falou, em entrevista ao canal Fox Sports. Revelado no Santos, Hudson rodou pelo interior de São Paulo de 2010 até 2014, quando chamou a atenção do time da capital e foi contratado.

Este foi o primeiro gol de Hudson pelo Cruzeiro em dez partidas pelo clube mineiro. Contratado com o aval de Mano, Hudson começou o ano na reserva, mas mostrou que pode dar conta do recado e substituir o capitão Henrique à altura.

"Tenho trabalhado firme. Infelizmente o Henrique machucou, mas já está voltando. Pude substituir ele e fazer meu trabalho. Estarei sempre à disposição do Mano", acrescentou o volante, que recebeu os cumprimentos do companheiro Thiago Neves.

"Ele está de parabéns, não só por hoje, mas pelas partidas que vem fazendo. Depois que entrou no time ele vem jogando muito bem, fazendo uma função importante. Isso prova a qualidade do grupo. Parabéns para ele pela partida e pelo gol", elogiou o meia.

Após a vitória por 2 a 0, o Cruzeiro encaminhou sua classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Na próxima semana, no dia 19, as equipes voltam a se encontrar, agora no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos