Jô pede que Corinthians não se abale com eliminação e dá força a garotos

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians teve a oportunidade de matar o jogo na etapa final, mas desperdiçou pelo menos três chances claras de gol e acabou eliminado pelo Internacional nos pênaltis após um empate por 1 a 1 no tempo normal nesta quarta-feira (20), em jogo válido pela Copa do Brasil. Após a partida, Jô lamentou a falta de pontaria da equipe, mas pediu para que a desclassificação não manche o trabalho alvinegro.

"Infelizmente saímos fora nos pênaltis, mas não podemos nos abalar, pois temos uma semifinal, um clássico contra o São Paulo. Nada está perdido, é claro que estamos todos tristes, mas vida que segue, precisamos erguer a cabeça. Corinthians as coisas não são fáceis, é tudo muito difícil. Temos maturidade e experiência para erguer o grupo para fazer um jogo bom domingo", disse Jô.

O camisa 7 ainda garantiu que dará força a Maycon e Arana, que desperdiçaram suas cobranças de pênalti na decisão - além da dupla, Marquinhos Gabriel também perdeu.

"Normal isso, aconteceu. São meninos ainda, tem muito que crescer, difícil ficar falando muito nesse momento. Acontece, eles estão fazendo um bom trabalho, nos ajudam muito e tem muito a ajudar. É conversar para eles erguerem a cabeça", afirmou o atacante.

O atacante corintiano, autor de dois gols perdidos nesta quarta, ainda comentou a azar que a equipe tem em cobranças de pênaltis dentro da Arena - perdeu para Palmeiras e Audax, em duas edições do Paulistão, e, agora, Internacional pela Copa do Brasil.
 
"Não tem o que falar, acontece. Infelizmente as coisas não aconteceram. Não podemos nos abalar, estamos fazendo um belo trabalho. Infelizmente fomos eliminados nos pênaltis", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos