Dorival elogia Paysandu e descarta "mistão do Santos" no jogo de volta

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

O técnico Dorival Júnior elogiou o time do Paysandu após a vitória do Santos por 2 a 0 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O treinador, inclusive, não quer dar "sorte para o azar" e já avisou que colocará o time titular na partida de volta, em Belém, no próximo dia 10.

"Acho que foi um resultado importante, um jogo difícil contra uma equipe bem posicionada, que gerou dificuldade. Conseguimos construir um bom resultado para os primeiros 90 minutos", afirmou Dorival.

"Não (poupar titulares), vamos jogar com equipe com todos aqueles que estão em condições, a não ser que aconteça algo inesperado. Do contrário, não", completou.

O Paysandu entrou em campo no esquema 4-1-4-1 e variou para o esquema 4-3-3, estratégia bastante utilizada por Tite no Corinthians e agora na seleção brasileira. Com isso, o Papão dominou o Santos no primeiro tempo. Foram cinco oportunidades de gol contra duas da equipe santista, que só foram criadas após aos 42 minutos.

Os atacantes do Paysandu, inclusive, ficaram duas vezes livres na frente de Vanderlei, que salvou a equipe santista do tropeço.

O primeiro gol do Santos saiu em um chute de fora da área, pois o time não conseguia furar a defesa do Paysandu. O segundo gol saiu aos 43 minutos do segundo tempo em jogada de bola parada. Dorival teve que mexer na equipe e colocar os colombianos Copete e Vladimir Hernandez, além do jovem Arthur Gomes, para conseguir uma vantagem melhor para o segundo jogo.

"É uma situação complicada, você tem um resultado que não está consolidado, mas precisa alcançar uma vantagem maior. De repente pode criar um espaço que não estávamos tendo, aí você arrisca, acaba acontecendo positivamente ou tomado um gol. Foi importante a alteração, com o Copete ganhamos mais uma jogada ofensiva, é um potencial. O Hernández deu uma mobilidade muito boa, o Lucas (Lima) estava muito bem marcado. Com o fato novo criamos situações. Isso vai mostrando que o elenco está se encontrando e as coisas voltam ao normal", explicou. 

Com a vitória por 2 a 0, o Santos até perder por um gol de diferença o jogo de volta, no dia 10 de maio, no estádio Mangueirão, em Belém, do Pará, para se classificar. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos