Cruzeiro admite jogo ruim e espera retorno positivo com título no domingo

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Apesar do golaço de Raniel no início da partida, o Cruzeiro passou longe de fazer uma boa apresentação diante da Chapecoense, nesta noite de quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Ao fim da vitória por 1 a 0 no Mineirão, os jogadores reconheceram que o futebol esteve aquém do esperado e não esconderam o pensamento no clássico deste domingo, que decidirá o título mineiro contra o Atlético.

"Não tem como você não esquecer a final de domingo. Todo mundo está pensando na final. A gente sabia que precisava ganhar hoje e ganhamos. 1 a 0 é melhor que 2 a 1, não tomamos gol e isso é bom. Agora é voltar o pensamento para o clássico, ir para o Independência e ser campeão lá dentro", falou Thiago Neves.

"Começamos intensos nos primeiros dez minutos, fizemos o gol, mas sabemos que o time foi abaixo (do esperado). Espero que todo mundo esteja guardando para domingo", acrescentou.

Após marcar o único gol do jogo, o Cruzeiro caiu muito de produção e mal ameaçou a meta adversária. Apesar de contar com um time praticamente formado por atletas reservas, a Chapecoense mostrou mais apetite e passou a tomar as rédeas da partida. O placar perigoso e o clima tenso persistiu até os últimos minutos e só terminou com o apito final, acompanhado pelas vaias dos torcedores presentes.

"É um jogo que fizemos muito abaixo do que estamos demonstrando nas competições. Um jogo muito abaixo. A equipe não jogou muito, não ficou com a bola no pé. A gente foi encurralado e deu espaços para eles", disse o volante Henrique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos