Mano justifica e reconhece má atuação contra a Chape: "Foi uma goleada"

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro venceu a Chapecoense por 1 a 0 na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O resultado do Mineirão, porém, não deixou Mano Menezes satisfeito com a equipe.

Ao término do confronto desta quarta-feira (4), o treinador reconheceu que os seus comandados estiveram abaixo das expectativa e classificou o resultado deste meio de semana como "uma goleada".

"Olha, a nossa atuação não foi boa. Logicamente, não foi boa. A gente sabe que não foi. Fizemos um gol cedo, o que nos deu tranquilidade e espaços para jogar nos demais minutos. A partir de um momento, tivemos dificuldades e isso prevaleceu até o final. Foi uma goleada. Disse isso aos jogadores, pelo que o jogo apresentou, pelo que nós produzimos. O jogo de volta será em outras circunstâncias e com a equipe produzindo um futebol melhor", afirmou.

Mano Menezes destacou ainda que a concentração de seus comandados está na final do Campeonato Mineiro, diante do arquirrival Atlético-MG.

"Várias vezes, nossos jogadores repetiram que tínhamos que ficar com a cabeça no dia de hoje e não no jogo de domingo (contra o Atlético, pela final do Mineiro). Eu, como técnico, tenho que ser compreensivo com algumas situações, embora consiga entender as dificuldades que tivemos e tenhamos encontrado dificuldades em campo", comentou o técnico gaúcho, que ainda completou:

"É normal do ser humano. A gente não tem botão de liga e desliga. Às vezes dizem que é só trocar o chip, mas não tem chip para trocar. A questão emocional não pode ser tirada em 48 horas. Então, as dificuldades são normais. Quando você tem mais facilidade, às vezes, você passa por cima delas e ninguém nota. O que era para ser uma falta de entrosamento, não foi um problema".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos