Cuca deve repetir tática de 2016 e entrar com time misto na Copa do Brasil

Do UOL, em São Paulo

Mal teve tempo para comemorar a vitória na sua reestreia, Cuca já precisa pensar em como o Palmeiras vai enfrentar o Internacional nesta quarta-feira (17), na estreia da equipe na Copa do Brasil.

Logo após vencer o Vasco por 4 a 0 na 1ª rodada do Brasileirão, o técnico alviverde admitiu que poderá trocar peças já de olho na sequência de jogos daqui para frente. A estratégia deve ser a mesma adotada pelo técnico no ano passado, quando ele atuou com os reservas na mesma competição. 

"Essa semana foi muito intensa, nós treinamos em dois períodos e jogo foi de muita intensidade. Teve jogador que teve cãimbra e que não teve nenhuma vez no ano passado inteiro, que é o Jean. Foi um desgaste muito grande e amanhã (segunda-feira) a gente vai ver como cada um está", analisou o técnico.

Durante a semana, Cuca já tinha informado que pretendia revezar os seus jogadores com o decorrer da semana. O principal objetivo é se classificar às oitavas de final da Libertadores. O jogo está marcado para o dia 24 de maio, contra o Atletico Tucumán.

Com direito até mesmo a perder por um gol de diferença para avançar, o Palmeiras não pretende sofrer muito e irá com força máxima com os argentinos.

A ideia do técnico, agora, é dar chance para atletas que não poderão iniciar o jogo da Libertadores como titular, como ele explicou na coletiva de sexta-feira.

"São 31 jogos em 103 dias. Nós vamos ter que rodar os jogadores, é aí que vai aparecer o trabalho deles. Quem não está jogando hoje precisa estar bem preparadinho. Queremos ver competitividade interna, com dedicação. Os jogadores que vão se escalar. Tem o Veiga, o Hyoran, o Antônio Carlos e o Michel que ainda não jogaram comigo", explicou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos