Copa do Brasil "passa rápido" pelo Inter e não muda plano para Série B

Do UOL, em Porto Alegre

Foi um dia de atenção à Copa do Brasil. E nada mais. Depois de perder para o Palmeiras no jogo de ida das oitavas de final por 1 a 0, o Colorado já fez questão de voltar atenções ao que considera o objetivo principal: a Série B.

"Não muda nada. Não podemos tirar da mente o Campeonato Brasileiro. Precisamos que a torcida nos apoie no sábado", disse o vice de futebol, Roberto Melo, ainda nos vestiários do Allianz Parque.

A Copa do Brasil foi tratada como "secundária" no discurso vermelho desde o início da semana. Avançar na competição nacional não poderia, de forma alguma, prejudicar no planejamento para os próximos jogos da segunda divisão.

"O time está evoluindo muito. Antes do Palmeiras, temos dois jogos pela Série B. Esperamos um bom desempenho. Talvez isso nos motive ainda mais, mas o mais importante é recolocar o Inter na Série A", afirmou o técnico Antonio Carlos Zago.

Em campo, o jogo diante do Palmeiras teve mais importância psicológica. Mesmo derrotado, o Inter mostrou-se forte contra um rival potente e fora de casa. Jogou 'de igual para igual'.

"Enfrentamos o time considerado melhor do Brasil. E poderíamos ter um resultado melhor. Faltou fazer um gol, poderia ter sido empate. Mas está de bom tamanho", atestou Melo.

Antes do duelo de volta, o Colorado estreia em casa na Série B contra o ABC, no sábado. E no fim de semana seguinte irá fretar voo para evitar maior desgaste na ida a Belém do Pará, onde duela com o Paysandu. Apenas então terá o Verdão novamente no calendário.

"Estamos evoluindo e com foco principal na Série B. O time vem crescendo bastante e o trabalho mostra que estamos no caminho certo", finalizou o treinador vermelho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos