Fla desembarca no Rio em meio a manifestação política em aeroporto

Do UOL, no Rio de Janeiro

A delegação do Flamengo desembarcou nesta quinta-feira (25) no Rio de Janeiro após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-GO que colocou o Rubro-negro nas quartas de final da Copa do Brasil. A chegada foi tumultuada. Desta vez, porém, nada de protestos contra o time ou em relação ao técnico Zé Ricardo. O alvo foi o presidente Michel Temer.

Manifestantes políticos se misturaram aos jogadores na saída do aeroporto Santos Dumont e aproveitaram as câmeras para manifestar o descontentamento com a crise do país aos gritos de "Fora, Temer".

Poucos atletas pararam para conceder entrevistas. Por conta do barulho promovido pelo protesto, Matheus Sávio e Ederson tiveram dificuldades para serem ouvidos.

"O nosso objetivo era a classificação na Copa Libertadores, mas não conseguimos. Sabemos que algo ruim pode nos fortalecer. Não queremos mais passar por isso e estamos felizes com essa vaga nas quartas de final", afirmou Matheus Sávio, autor do gol da vitória.

O elenco do Flamengo folga nesta quinta-feira. No domingo (28), o time volta a campo pelo Campeonato Brasileiro. Às 16h (de Brasília), o adversário será o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos