Copa do Brasil vira questão de honra para Fla e Santos após Geuvânio

Samir Carvalho e Vinicius Castro

Do UOL, em Santos (SP) e no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Geuvânio foi apresentado pelo Flamengo ao lado do presidente Bandeira de Mello

    Geuvânio foi apresentado pelo Flamengo ao lado do presidente Bandeira de Mello

Flamengo e Santos começam, nesta quarta-feira (28), a decidir uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Às 21h45 (de Brasília), os times se enfrentam na Ilha do Urubu diante de um clima diferente dos últimos encontros. O pivô do mal-estar entre os clubes atende pelo nome de Geuvânio, atacante formado na Vila Belmiro e contratado recentemente pelo Rubro-negro. Ele não estará em campo, já que as inscrições se encerraram no dia 24 de abril, mas a discussão por conta da transferência promete movimentar as diretorias por um longo período.

Rubro-negro e Alvinegro não chegaram a romper, mas é inegável que a relação estremeceu. O fato trouxe um motivo a mais para cada um brigar para avançar na competição de mata-mata e que vale uma vaga na Copa Libertadores de 2018. Virou uma espécie de questão de honra, embora não se admita publicamente.

Gilvan de Souza/ Flamengo
Ilha do Urubu: palco do importante duelo entre Fla e Santos pela Copa do Brasil
O Santos ainda não "engoliu" a transferência de Geuvânio para o Flamengo. O clube paulista se apoia na cláusula de exclusividade firmada no contrato de venda do atacante para o futebol chinês. No entanto, a diretoria alvinegra não acionou a Fifa, como ameaçou durante as negociações entre o clube carioca e o jogador.

Explica-se: o Santos ainda aguarda o Tianjin Quanjian, da China, pagar a multa imposta no contrato por ter negociado o atleta com outro clube brasileiro. O valor da cláusula é considerado baixo no futebol - cerca de 500 mil euros. Caso isso não ocorra até o fim do próximo mês, a diretoria deve ir à Fifa.

Ao saber da negociação de Geuvânio com o Flamengo, o Santos tentou repatriá-lo, fato negado pelo atacante na apresentação ao Rubro-negro. O clube paulista igualou a proposta salarial, mas se recusou a pagar luvas de R$ 1,5 milhão.

A diretoria santista alega que avisou o Flamengo sobre a cláusula contratual e esperava que o clube carioca, pelo menos, oferecesse algum jogador em troca ou recuasse em uma espécie de acordo de cavalheiros. O Rubro-negro tratou a chegada de Geuvânio como uma oportunidade de mercado e foi respaldado pelo departamento jurídico, que considera a cláusula em questão nula e incapaz de causar alguma punição ao clube.

Além de Geuvânio, Fla não terá nomes importantes

Pelo mesmo motivo que Geuvânio não fará a sua estreia pelo Flamengo, Everton Ribeiro e Rhodolfo não poderão jogar. O trio foi contratado na janela de transferências do meio do ano e está fora da Copa do Brasil.

A boa notícia é a volta capitão Réver ao lado de Juan. No setor ofensivo, Everton e Berrío devem formar o trio de ataque com Paolo Guerrero. A expectativa do Rubro-negro é a de obter uma boa vantagem para jogar com razoável tranquilidade na partida de volta, marcada para o dia 26 de julho, na Vila Belmiro.

"A Copa do Brasil é um dos nossos objetivos no ano. Sabemos da importância e do jogo difícil que será contra o Santos. Estamos em casa e temos que aproveitar todas as oportunidades. Não podemos sofrer gols e tentaremos fazer o máximo possível", afirmou o atacante Paolo Guerrero.

Gripe desfalca o Santos novamente

Para encarar o Flamengo, o Santos não contará com o volante Thiago Maia, gripado. O veterano Leandro Donizete deve iniciar a partida em seu lugar. O clube paulista sofre com uma epidemia de gripe. O problema recente incluiu o técnico Levir Culpi e mais nove jogadores do elenco - Lucas Lima, Ricardo Oliveira, Thiago Maia, Vecchio, Kayke, Victor Ferraz, Bruno Henrique, Rodrigão e Vladimir.

Contra o Flamengo, além de Thiago Maia, com virose, Levir não terá Ricardo Oliveira, com pneumonia. Na semana passada, o clube havia confirmado que o centroavante estava gripado. No entanto, após uma série de exames, ele foi diagnosticado com a doença. O atleta ficará em repouso em sua casa, em Alphaville, em São Paulo, e não há prazo para retorno ao time.

FLAMENGO X SANTOS

Data/hora: 28/06/2017, às 21h45 (de Brasília)
Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)

Flamengo
Thiago; Rodinei, Réver, Juan e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar (Willian Arão) e Diego; Everton, Berrío e Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

Santos
Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Leandro Donizete (Alison) e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Kayke
Técnico: Levir Culpi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos