Palmeiras mira Liberta, mas encara com "fome" o Cruzeiro na Copa do Brasil

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Ale Cabral/AGIF

    Elenco diz que Cuca (foto) tem "fome" também na Copa do Brasil

    Elenco diz que Cuca (foto) tem "fome" também na Copa do Brasil

O Palmeiras abre a decisão contra o Cruzeiro por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil com a mira na próxima quarta-feira, quando se iniciará o mata-mata da Libertadores, principal objetivo do ano. Mesmo com todos no clube cientes do tratamento especial para a competição sul-americana, Cuca usará o melhor à disposição para o duelo no Allianz Parque, com início marcado para as 21h45 (de Brasília).

Ao contrário do ano passado, quando notoriamente tratou a copa nacional como uma competição secundária – no jogo da eliminação contra o Grêmio, o time foi formado por reservas em sua maioria -, Cuca ignorou a proximidade da Libertadores e promete a base titular para encarar o Cruzeiro neste meio de semana.

"No ano passado, cuidamos só do Brasileiro. Em algum momento, abrimos mão de usar o time na Copa do Brasil para ganhar o Brasileiro. Agora é diferente", destacou o treinador na semana passada, antes de ser auxiliado por suspensões no Brasileirão que o ajudam a executar o planejamento de prioridade também à Copa do Brasil.

Na vitória do último domingo sobre a Ponte Preta (2 a 1), Alejandro Guerra e Yerry Mina receberam cartões amarelos e foram suspensos do duelo de sábado contra o vice-líder Grêmio, no Pacaembu. Ambos surgiam como candidatos a descansarem diante do Cruzeiro, mas irão a campo com o veto forçado no final de semana.

Caso parecido de Willian. O atacante foi desfalque em Campinas pelo acúmulo de advertências no Brasileiro, descansou e agora deve reassumir o lugar de titular como centroavante.

Guerra, autor de dois gols em Campinas no último final de semana e destaque palmeirense nas últimas semanas, irá para o sexto jogo consecutivo com o discurso pronto. A ideia de Cuca de valorizar a competição foi abraçada pelo elenco.

"Gosto de todos os jogos, mas o mais importante é o de amanhã. Depois vem o Grêmio, vem a Libertadores, mas todos os jogos têm um sabor especial", declarou Alejandro Guerra, ciente, no entanto, de como a Libertadores é encarada no clube neste ano.

"Não podemos pensar no amanhã sem fazer as coisas hoje. Logicamente que a Libertadores tem um 'plus', porque a equipe armou para ganhar todos os torneios, em especial a Libertadores. Para mim, seria uma honra levantar este torneio de novo, é uma meta", comentou.

O trabalho de Cuca para manter o grupo, mesmo os atletas que chegaram na Academia de Futebol com o simples objetivo de conquistar a América – caso de Guerra -, é valorizado.

"O Cuca sabe interpretar o que o rival tem, e isso é algo bom. A cada jogo, ele analisa e, dependendo do rival, coloca nossa equipe. Temos que ter fome de ganhar, porque isso é o Palmeiras e precisamos nos manter sempre acima", complementou o meia venezuelano.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS x CRUZEIRO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 28 de junho de 2017 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Gabriel Furtado, Tchê Tchê e Alejandro Guerra; Róger Guedes, Willian e Dudu.
Técnico: Cuca.

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero (Henrique ou Hudson) e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Alisson; Rafael Sóbis.
Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos