Robinho admite que pode render mais e ajudar o Atlético: "quero melhorar"

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • André Yanckous/AGIF

    Robinho quer crescer de rendimento no momento mais importante da temporada

    Robinho quer crescer de rendimento no momento mais importante da temporada

Pelo currículo, nenhum outro jogador do Atlético-MG tem o peso de Robinho. O atacante tem passagens por grandes clubes, como Santos, Real Madrid e Milan, além de ter mais de 100 jogos pela seleção brasileirão. Uma carreira recheada de conquistas, que tornam o camisa 7 a principal esperança da torcida atleticana na busca por títulos. Porém, em 2017, Robinho ainda não conseguiu repetir o desempenho do ano anterior.

E o atacante está ciente disso. Robinho sabe que está devendo e que pode jogar melhor, para ajudar o Atlético na sequência da temporada, que ainda tem Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores. Numa semana tão importante, com jogos decisivos pelas duas copas e um clássico com o Cruzeiro, Robinho chega descansado.

Após uma maratona de jogos que se iniciou na primeira quinzena de maio, o atacante ficou fora do jogo com a Chapecoense, assim como outros nove titulares do Galo. Descansado e num momento importante da temporada, Robinho quer começar a jogar melhor e, enfim, ser decisivo para o Atlético.

"Momento importante. A gente se preparou muito para isso. Me considero importante como todos, os títulos são coisas do passado. Foi com trabalho que conquistei títulos e aqui no Galo espero repetir isso. É claro que quero melhorar e ajudar meus companheiros. Espero que neste momento o futebol possa crescer", disse o jogador, que mesmo rendendo abaixo do que fez em 2016, fez um dos gols no Cruzeiro na decisão do Campeonato Mineiro.

E é esse o discurso de Robinho para 2017. Se no ano passado ele foi o goleador do futebol brasileiro, com 25 gols, ele passou a temporada sem nenhuma conquista pelo Atlético. Já em 2017, são menos gols e um título já conquistado, o Estadual. Numa comparação com 2016, Robinho tem a metade de gols marcados.

São 25 partidas disputadas neste ano, com sete gols anotados. Na temporada passada, nos primeiros 25 jogos pelo Atlético, Robinho havia marcado 14 vezes. "No ano passado, fiz muitos gols. Mas não fui campeão. Este ano, espero melhorar, mas temos de fazer função tática para ajudar na marcação. Eu me cobro e sei que posso me doar mais. Espero que meu futebol cresça, como todo o grupo".

E para render em um período importante do calendário, com decisões por Copa do Brasil e Libertadores, além dos jogos do Brasileirão, Robinho ganhou um descaso. Algo que foi destacado pelo técnico Roger Machado.

"O período de descanso é carregando pedra. Não é com as pernas para cima. Foram cinco dias de treinos fortes, em que reestruturamos a energia durante o período que não jogou e encher o tanque. O descanso será benéfico para todos. Se fazer jogar melhor, só o jogo dirá. Mas o descanso era imprescindível e necessário. Espero que essa pausa tenha sido aproveitada por todos. O Robinho não está em boa fase. Os atletas convivem com altos e baixos. É só voltarmos a jogar coletivamente bem que as individualidades vão aparecer".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos