Levir cita até gripe para explicar derrota e diz que Santos está vivo

Do UOL, em Santos (SP)

O técnico Levir Culpi tentou explicar a derrota do Santos para o Flamengo por 2 a 0 nesta quarta-feira, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, em duelo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. O treinador exaltou o poderio de finalizações dos cariocas, mas lembrou até a epidemia de gripe que pegou o seu elenco nos últimos dias.

"Tivemos um surto que pegou todo mundo, mas eles estavam bem. O Kayke fez o que podia. Minha ideia era tirar o cara que trabalhava mais na área, o Bueno flutua mais. Esse problema que passamos de gripe pegou todo mundo, mas essa semana estaremos bem melhor", afirmou Levir Culpi.

Apesar da derrota, o comandante santista fez questão de dizer que seu time está vivo na competição e pode reverter a vantagem do Flamengo no dia 26 de julho, na Vila Belmiro. O treinador acredita que o Santos pode ter a mesma competência que o Fla teve nas finalizações nesta quarta-feira.

 "Foram dois chutes bem feitos. O mérito da vitória foi do Flamengo, mas o resto do jogo foi equilibrado. Estamos vivos na competição. Vamos tentar colocar a pressão que o Flamengo colocou aqui"

"Talvez o mesmo que Flamengo, foram muito felizes nas finalizações e podemos ser felizes em Santos. O jogo ninguém sabe como vai ser, mas uma coisa é certa vamos pressionar muito mais do que fizemos aqui", completou.

A derrota para o Flamengo foi a segunda de Levir Culpi no comando do Santos. No último final de semana, a equipe santista já havia sido derrotada para o Sport, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.  

O alvinegro praiano volta a campo no próximo final de semana, quando enfrenta o Atlético-GO, sábado, às 19h (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos