Santos vê Bruno Henrique "pagar" alto investimento e já fala até em seleção

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

O atacante Bruno Henrique foi a contratação mais cara do Santos na Era Modesto Roma, que completará em dezembro três anos no comando do Alvinegro praiano. O clube paulista pagou 4 milhões de euros (R$ 13,5 milhões à época) para repatriar o jogador do Wolfsburg, da Alemanha. Meses depois, na visão dos cartolas, o saldo é positivo.

O UOL Esporte apurou que, para a diretoria santista, o desempenho de Bruno Henrique em campo já fez valer o alto investimento para contratá-lo. Mais do que isso: a cúpula alvinegra entende que pode lucrar em uma possível venda do atacante para a Europa. Para isso, sonham até que o atleta pode ser convocado para a seleção brasileira.

A especulação dos dirigentes santistas pode parecer precoce para muitos, mas não para o técnico Levir Culpi. O técnico santista concorda com os superiores e, inclusive, acredita que Tite já observa o jogador para as próximas convocações.

"A sequência dele está ótima. É um jogador que fez quatro gols em dois jogos, sendo um golaço hoje. Os jogadores vão conquistando espaço, é ele quem vai dar nota. Se seguir com esse nível de atuação, certamente vai ser olhado. Nós conhecemos o Tite, então certamente é um dos candidatos a seleção se conseguir uma continuidade com esse nível de atuação", disse Levir.

O treinador se refere aos dois últimos jogos de Bruno Henrique – contra Bahia e Flamengo. No último fim de semana, o atacante marcou os três gols da vitória santista contra os baianos por 3 a 0, válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta quarta-feira, diante do Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, ele foi o melhor jogador em campo. Bruno Henrique marcou um golaço de fora da área, acertando o ângulo de Muralha, e ainda deu assistência para o gol de Victor Ferraz, o terceiro da vitória santista por 4 a 2.

Bruno Henrique marcou 11 gols com a camisa do Santos em 34 jogos, média de 0,32 por partida. Ele é o artilheiro do time na temporada. O camisa 27 também é o segundo colocado em assistências no Campeonato Brasileiro. São cinco contra seis de Luan, do Grêmio. Bruno Henrique ainda é o vice-artilheiro da Copa do Brasil, com quatro gols - os artilheiros são Brenner, do Internacional, e Rafael Sóbis, do Cruzeiro, com cinco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos