Renato vê poucos erros do Grêmio, mas pede calma: "Não ganhamos nada ainda"

Do UOL, em Porto Alegre

Renato Gaúcho pediu calma. Depois de vencer o Atlético-PR por 3 a 2 e colocar o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil, o teinador ressaltou virtudes de sua equipe, mas salientou que o título ainda está distante.

O Grêmio havia vencido o jogo de ida por 4 a 0. Nesta quinta-feira (27), usou time misto e ainda assim superou o Atlético-PR, levando o placar agregado para 7 a 2.

"Eu treino um grupo, não é uma equipe. Eu sempre falo que o jogador tem que estar preparado. Todos têm dado conta do recado. Este grupo é muito fechado, unido, todos sabem de suas responsabilidades. Principalmente se tratando de um grupo como este, disputando três competições, é importantíssimo essa maturidade, esta capacidade. Eu acabei de dar os parabéns para eles. Estamos bem em todas as competições. Mas o Grêmio não conquistou nada ainda. É jogo a jogo, passo a passo. E vamos tentar ao menos conquistar um título. O mais importante é sempre o próximo jogo", disse.

O Grêmio está disputando com condições de título a Copa do Brasil, a Libertadores e o Brasileiro. E para manter tal condição, comete poucos erros, na avaliação do comando técnico.

"Não é porque o Grêmio ganhou que eu não vejo falhas. Mas isso eu procuro corrigir junto ao grupo na hora do vídeo. Muita gente acha que se ganhou está tudo bem. Não. Temos que corrigir erros. Eu falei pro meu grupo: temos cometidos pouquíssimos erros. E isso é porque corrigimos no vídeo onde erramos e acertamos. O melhor caminho, como têm que se comportar. O Grêmio é um time que faz poucas faltas. E isso mostra o quanto está bem postado dentro de campo", disse.

As correções em vídeo são praxe do comando. Segundo Portaluppi, é assim que os suplentes conseguem atuar da mesma forma dos titulares.

"Quando mostro o vídeo do principal, todos estão juntos. Todos sabem o que deve ser feito dentro de campo. É só fazer exatamente o que o companheiro tem feito. Não temos muito tempo para treinar, mas quando passo o vídeo eu explico. Por isso quero todos juntos. O jogador precisa saber o que precisa fazer. Pecamos por causa do ritmo de jogo. Um jogador ou outro com tempo sem jogar. Mas todos sabem o que deve ser feito", finalizou.

O Grêmio, agora, se prepara para encarar o Santos, domingo, pelo Brasileiro. O duelo é confronto direto pela vice-liderança da competição. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos