Em estreia de Rueda, Botafogo e Fla empatam em 1º jogo da semi da Copa BR

Do UOL, no Rio de Janeiro

Em jogo muito nervoso e disputado, Botafogo e Flamengo ficaram no empate em 0 a 0 no duelo válido pelo confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil. O clássico marcou a estreia do técnico colombiano Reinaldo Rueda pelo lado rubro-negro.

A tensão da partida resultou em uma expulsão para cada lado, após o zagueiro Joel Carli e o goleiro Muralha se desentenderem no segundo tempo.

As duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira da semana que vem (23) no Maracanã e aí será a vez da torcida do Botafogo ficar com apenas 10% da carga de ingressos. Um novo 0 a 0 levará a decisão para os pênaltis. 

Na outra semifinal, o Grêmio venceu o Cruzeiro por 1 a 0 em Porto Alegre.

Voleio

Aos 27 minutos do primeiro tempo, após escanteio cobrado da direita, a zaga do Flamengo desviou e o volante Bruno Silva emendou um lindo voleio. A bola passou com perigo pelo gol de Muralha.

No travessão!

Aos 11 minutos do segundo tempo, Diego cobrou uma linda falta em que a bola explodiu no travessão do goleiro Gatito Fernandez.

Jair e Rueda se cumprimentam 

Luciano Belford/AGIF

Personagens de uma polêmica antes do clássico, os técnicos Jair Ventura e Reinaldo Rueda se cumprimentaram cordialmente no Nilton Santos. Na última segunda-feira, em participação em programa da Fox Sports, o treinador alvinegro havia dito que era contra a chegada de comandantes estrangeiros em virtude de tirar espaço de brasileiros. Além disso, citou o fato dos técnicos daqui precisarem de licença para trabalhar no exterior. No dia seguinte, emitiu uma nota oficial fazendo ponderações sobre suas declarações. 

Ônibus apedrejado

Vinicius Castro / UOL Esporte

As polêmicas se iniciaram antes mesmo da bola rolar no estádio Nilton Santos. Diretor-executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano acusou a torcida do Botafogo de apedrejar o ônibus que levava a delegação rubro-negra nos arredores do estádio.

"Lamentável a forma como é fomentado um jogo de futebol, é só vocês observarem como o nosso ônibus ficou", disse à Rádio Globo.

O ônibus descaracterizado apresentava marcas na lataria lateral, mas nenhum integrante foi atingido.

Provocação do lado de fora

UOL
Cartazes colados pela torcida do Botafogo provocando o Flamengo

Após passarem a madrugada montando um mosaico para o jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, um grupo de botafoguenses colou cartazes atacando temas polêmicos no setor destinado aos rubro-negros no estádio Nilton Santos (Engenhão).

"Bem vindos ao inferno", dizia um dos cartazes colado nos pilares do setor sul. Em outro ponto, os donos da casa provocavam com "87 é do Sport", numa referência ao polêmico título brasileiro daquele ano, e imagens sobre a falta de um estádio fixo do Flamengo.

No final da tarde, pouco antes da abertura dos portões, a administração do Engenhão, a pedido da diretoria do Botafogo, retirou as provocações. O clube informou que não deseja contribuir para o clima hostil nas arquibancadas.

Veja como foi a chegada do Botafogo ao estádio

Rueda em cima do laço

A confirmação da autorização do técnico Reinaldo Rueda para ficar à beira do campo no Flamengo só aconteceu no fim da tarde desta quarta-feira, quando o colombiano regularizou sua documentação para trabalhar no Brasil.

Márcio Araújo no banco

Um dos pontos que já fizeram Rueda agradar a boa parte dos torcedores foi a barração do volante Márcio Araújo do time titular, um pedido antigo dos rubro-negros.

Desfalques

Cada time não pôde contar com quatro jogadores que chegaram após o prazo de inscrição. Arnaldo, Marcos Vinicius, Valencia e Brenner não jogaram pelo Botafogo. Diego Alves, Rhodolfo, Éverton Ribeiro e Geuvânio ficaram fora pelo lado do Flamengo. O Rubro-Negro ainda teve o importante desfalque de Guerrero, lesionado.

Patrocínio pontual

O Botafogo anunciou antes da partida um patrocínio pontual com uma ótica para a barra da camisa nos dois jogos válidos pela semifinal da Copa do Brasil. 

BOTAFOGO 0 X 0 FLAMENGO

Data/hora: 16/08/2017, às 21h45 (de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Renda e público: R$ 747.825,00 / 26.575 pagantes / 28.757 presentes
Cartões amarelos: Joel Carli, Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Rodrigo Pimpão (BOT); Diego (FLA)
Cartões vermelhos: Joel Carli e Alex Murallha
Gols: Nenhum

Botafogo
Gatito Fernández; Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabelo e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Gilson), Bruno Silva e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcelo)
Técnico: Jair Ventura

Flamengo
Alex Muralha; Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton (Vinicius Júnior) (Tiago), Berrío (Marcio Araújo) e Felipe Vizeu
Técnico: Reinaldo Rueda
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos