Muralha lamenta estratégia de pular para o mesmo lado em todos os pênaltis

Do UOL, no Rio de Janeiro

Alvo da torcida pelos erros recentes e pelo desempenho ruim em cobranças de pênaltis, Alex Muralha novamente não conseguiu ajudar o Flamengo em uma disputa deste. Sem defender nenhuma das cinco cobranças do Cruzeiro, viu o time mineiro vencer a batalha e faturar a Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (27).

E o questionado goleiro admitiu que o fato de pular para o mesmo lado em todas as cobranças do rival foi uma estratégia definida antes mesmo do jogo.

"A gente estudou, fez uma estratégia [pular todas do mesmo canto], mas infelizmente não deu certo", lamentou.

Muralha ainda perguntou ao repórter da TV Globo Eric Faria se Thiago Neves tinha cometido uma irregularidade na disputa. "Último lance foi dois toques?", disse. Ao escutar a negativa do jornalista, desconversou. "Então mérito para eles".

O zagueiro Léo, um dos cobradores da equipe celeste, também comentou a estratégia do Cruzeiro. Essa, no entanto, deu certo.

"Temos uma equipe de análise e eles fizeram um longo estudo do Muralha. Vimos que coincidentemente ele pulava sempre do outro lado [esquerda do cobrador]. Então por isso eu cobrei na minha direita", disse o jogador.

Gritos de frangueiro e números ruins

A noite de Alex Muralha já não estava fácil. Se por um lado tinha o apoio do rubro-negros, por outro via um Mineirão lotado aos gritos de "frangueiro". A torcida do Cruzeiro não poupou o alvo mais fácil do rival.

Com as cobranças desta final, Alex Muralha chegou a 22 pênaltis com a camisa do Flamengo. Ele defendeu apenas um, sofrendo 20 gols - o outro foi cobrado para fora.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos