"Fosse três ou quatro não seria absurdo", diz Roger após vitória do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional venceu o Cianorte por 2 a 0 nesta quinta-feira (1º) pela terceira fase da Copa do Brasil. Mas se fosse três ou quatro não seria nada absurdo, na avaliação do centroavante Roger. O comandante de ataque ainda explicou uma chance clara que perdeu no início do jogo.

"No primeiro lance eu fiquei em dúvida entre tocar e chutar, acabei errando. Ganhamos, mas se fosse três ou quatro não seria nada absurdo. Foi um bom resultado, mas vamos respeitar os caras e ir firmes para classificar", disse.

No lance citado, Roger recebeu de Iago - destaque da partida - cara a cara com o goleiro. Enquadrou o corpo errado e acabou colocando longe do gol.

Não fez falta. Depois de uma profusão de chances perdidas, o Colorado fez 2 a 0 e largou em vantagem. O jogo de volta será no dia 14, no Paraná.

"Você tem que vencer, quando joga em casa tem que vencer. Não tendo gol fora valoriza ainda mais a vitória. Demos um passo. Vamos respeitar, é um bom time, e em casa é forte. Mas o momento é nosso e estamos prontos para classificar", completou Roger.

Sem jogo no fim de semana, o Inter volta a campo no dia 7 para encarar o Cruzeiro-RS pelo Gauchão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos