Atlético-PR coloca projeto em jogo contra equipe que mais jogou em 2018

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Mauro Jefferson/cearasc.com

    Ceará entrou em campo na noite de terça e voltará a jogar em menos de 48h; Atlético só atuou três vezes com seus titulares

    Ceará entrou em campo na noite de terça e voltará a jogar em menos de 48h; Atlético só atuou três vezes com seus titulares

Se o segredo do sucesso em uma temporada é preservar os jogadores para uma temporada com calendário cheio, o Atlético Paranaense terá a chance de provar isso na noite desta quinta-feira (15), 21h30, no Estádio Castelão, contra o Ceará, equipe que mais atuou em 2018 até aqui.

Envolvido nas disputas da Copa do Brasil, da Copa do Nordeste e do Cearense, o Ceará já entrou em campo 19 vezes na temporada, a maior parte delas com o elenco titular. Um contraste com o Atlético, que a despeito de ter feito 13 jogos no ano, usou seu time titular em apenas três ocasiões, todas pela Copa do Brasil.

Com calendário cheio, o Ceará usou reservas contra o Iguatu (3 a 3), pelo Cearense, em partida disputada nesta terça-feira; em cerca de 48 horas, voltará a campo pela Copa do Brasil. A equipe titular entrou em campo no sábado, contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste – venceu por 2 a 1.

Nem mesmo o Vasco, que avançou pelas fases preliminares da Copa Libertadores, entrou tanto em campo quanto o Alvinegro cearense. De retorno à Série A em 2018, o Vozão tem um aproveitamento de 70,1% nestas 19 partidas, enquanto que o Furacão segue invicto no ano com suas duas equipes – o time B que disputa o Paranaense e o principal, na Copa do Brasil – mas seu time titular só venceu um dos três jogos oficiais que fez.

Sem Thiago Heleno, expulso no jogo de ida, o Atlético de Fernando Diniz terá o volante chileno Esteban Pavez atuando à frente da zaga, ao lado de Paulo André e Wanderson. O vermelho dado à Heleno, que parou um contra-ataque com falta ainda no meio de campo, fez com que o Furacão tivesse que reduzir seu ímpeto ofensivo, e o placar de 0 a 0 deixou tudo em aberto nessa disputa entre as equipes. "O primeiro jogo foi diferente, com um homem a menos durante quase todo o jogo. Agora, vamos com muita vontade para ganhar", testemunhou Pavez ao site oficial atleticano.

Se for eliminado, o Atlético só voltará a atuar com seu time titular em 12 de abril, praticamente 30 dias depois da partida no Castelão, contra o Newell's Old Boys, da Argentina, pela Copa Sul-Americana. Com limite de 30 inscrições no Paranaense e todas as vagas preenchidas por jogadores do time de aspirantes, os titulares não terão atividade oficial até então, em caso de queda na Copa do Brasil.

CEARÁ X ATLÉTICO-PR

Data: 15 de março de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Motivo: 3ª fase da Copa do Brasil
Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (CBF-GO)
Auxiliares: Leone Carvalho Rocha e Marcio Soares Maciel (CBF-GO)

CEARÁ: Everson; Pio, Valdo, Luiz Otávio e Rafael Carioca; Raul, Juninho e Ricardinho; Felipe Azevedo, Elton e Andrigo. Técnico: Marcelo Chamusca

ATLÉTICO-PR: Santos; Wanderson, Pavez e Paulo André; Jonathan, Matheus Rossetto, Raphael Veiga e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme e Bergson. Técnico: Fernando Diniz.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos