Sob comando de Jardine, SP vence por 3 a 0 e faz melhor partida no ano

Do UOL, em São Paulo

Sem dificuldade, o São Paulo derrotou o CRB por 3 a 0 nesta quarta-feira à noite, em Maceió, e garantiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil. Com gols de Marcos Guilherme, Valdívia e Rodrigo Caio, o Tricolor teve a sua atuação mais convincente nesta temporada. O jogo foi o segundo e último sob o comando de André Jardine após a saída de Dorival Júnior, demitido na última semana. 

Recém-contratado, Diego Aguirre vai fazer a sua estreia como técnico da equipe no próximo fim de semana. O uruguaio, que precisou resolver questões burocráticas relativas ao visto de trabalho, acompanhou o jogo desta quarta-feira nas tribunas, ao lado dos dirigentes e ex-jogadores tricolores Ricardo Rocha, Lugano e Raí.

Quase sem treino

Diego Aguirre vai ter pouco tempo para preparar o São Paulo para a abertura das quartas de final do Campeonato Paulista, contra o São Caetano. Por conta de solicitação da Polícia Militar, o primeiro jogo do mata-mata foi transferido do domingo (18) para o sábado (17). Desta maneira, como a equipe viaja nesta sexta-feira de volta à capital paulista, o uruguaio deve ter apenas um dia para comandar um treino com os titulares. 

Erro na saída e gol de Marcos Guilherme

Com a necessidade de tentar tirar a vantagem do São Paulo, que venceu a primeira partida da série por 2 a 0, o CRB até tentou pressionar os visitantes no início do jogo. No entanto, aos cinco minutos, em uma saída de bola, a defesa alagoana errou. Valdívia aproveitou a oportunidade, partiu pela esquerda e cruzou. Cueva tocou para Marcos Guilherme, que bateu de primeira para abrir o placar. 

Tréllez e Neto Baiano perdem gols

Pouco depois de Marcos Guilherme fazer o gol, Tréllez teve oportunidade de ampliar a vantagem. Após troca de passes entre Cueva e Rodrigo Caio, o zagueiro serviu o atacante. Sozinho e de frente para o gol, o colombiano mandou para fora. O CRB também desperdiçou uma chance boa, com Neto Baiano, que não alcançou a bola após cruzamento na área. 

Valdívia faz o segundo 

Não demorou para o São Paulo ampliar a vantagem em Maceió. Logo aos dois minutos da etapa final, Valdívia fez o segundo gol tricolor. Marcos Guilherme tocou para Petros, que cruzou da direita. O meia atacante teve apenas o trabalho de mandar para o fundo das redes do CRB.

Rodrigo Caio, de cabeça, marca o terceiro

Mesmo com a classificação nas mãos, o São Paulo continuou com ritmo mais acelerado na etapa final e conseguiu fazer o terceiro. Valdívia cobrou escanteio da esquerda, Rodrigo Caio subiu mais do que os adversários e marcou de cabeça.

O pior: Tréllez

O atacante colombiano destoou de maneira negativa do restante da equipe. No primeiro tempo, ele perdeu uma chance incrível de fazer um gol. No restante da partida, pouco criou e acabou substituído. 

Os melhores: Rodrigo Caio e Valdívia

O zagueiro ganhou todas as disputadas de bola. De quebra, ainda colaborou no ataque, com um belo toque para Tréllez e fez o seu gol, de cabeça. Já o meia atacante também balançou as redes e participou dos outros dois tentos. 

Abriu a porteira

O São Paulo ficou sete meses sem marcar três gols em uma partida, marca quebrada com os 3 a 1 sobre o Red Bull Brasil no último domingo. Agora, com o triunfo sobre o CRB, o time do interino André Jardine derrubou mais um tabu. Já fazia um ano desde que o Tricolor não fazia três ou mais gols em duas partidas consecutivas. A última sequência com tantos gols assim aconteceu em março de 2017, sob o comando de Rogério Ceni: 4 a 2 sobre o PSTC, 4 a 1 sobre o Santo André e ainda um 3 a 1 sobre o ABC.

Ficha técnica

Copa do Brasil, terceira fase, jogo de volta

Data: 14/3/2018
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió, Alagoas
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Cartões amarelos: Tréllez, Petros (São Paulo); Edson Ratinho e Flávio Boaventura (CRB)
Gols: Marcos Guilherme aos 5 do 1º tempo; Valdívia aos 2 do 2º, Rodrigo Caio aos 13 do 2º

CRB: João Carlos; Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição e Diego; Feijão (Serginho) e Juliano; Edson Ratinho (Rafael Bastos), Willian Santana e Juninho Potiguar; Neto Baiano (Marcão). Técnico: Mazola Júnior.

SÃO PAULO: Jean; Militão, Rodrigo Caio, Anderson Martins e Júnior Tavares (Liziero); Jucilei, Petros (Lucas Fernandes) e Cueva; Marcos Guilherme, Tréllez (Brenner) e Valdívia. Técnico (interino): André Jardine 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos