Após derrota, Nenê aposta em recuperação do São Paulo: "A vaga está aberta"

Do UOL, em São Paulo

O Atlético-PR manteve o tabu na Arena da Baixada. Nesta quarta-feira, em Curitiba, a equipe da casa derrotou o São Paulo por 2 a 1, no primeiro duelo do mata-mata da quarta fase da Copa do Brasil. O Tricolor paulista jamais venceu o adversário em seu domínio desde a inauguração do estádio, em 1999. No total, são 13 vitórias do Atlético e cinco empates. Mesmo assim, o São Paulo segue confiante na classificação, sendo que o segundo e decisivo jogo será no dia 19.

"No primeiro tempo, pecamos algumas vezes na saída de bola, mas seguimos com nosso trabalho, sabíamos que poderíamos até fazer gol. Tomamos o segundo gol, não esperávamos, mas não deixamos de acreditar. Fizemos um gol e poderíamos ter feito mais. A vaga está aberta ainda", disse o meia atacante Nenê, que destacou a mudança de estratégia do São Paulo durante o jogo, sendo que o técnico Diego Aguirre chegou a trocar Petros por Cueva e Marcos Guilherme por Régis.

"No jogo, fomos muito bem na troca de esquema, que desestabilizou um pouco o time deles e conseguimos fazer o gol desta maneira. Estamos no caminho certo", completou Nenê.

O Atlético-PR saiu na frente ainda no primeiro tempo com Pablo. Na segunda etapa, Paulo André ampliou e Tréllez descontou para o São Paulo. No fim, os jogadores do Tricolor reclamaram com o árbitro Claudio Francisco Lima e Silva.

"O juiz deu falta em uma hora que achamos que não era. Depois, teve uma confusão entre alguns jogadores, mas só isso, não foi nada demais. É concentrar para o jogo em casa para ganhar e nos classificarmos", minimizou Nenê.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos