Atlético-MG goleia Ferroviário pela Copa do Brasil em jogo de recordes

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Entre os dez times classificados para a quarta fase da Copa do Brasil, apenas o Ferroviário não figura entre as três primeiras divisões do futebol brasileiro. Bom para o Atlético-MG, que aproveitou a fragilidade do adversário cearense para abrir uma boa vantagem no primeiro confronto. Com dois gols de Otero, um de Ricardo Oliveira e outro de Erik, o Galo venceu por 4 a 0, no Independência. Goleada marcada por recordes.

Com os quatro gols anotados diante do Ferroviário, o Atlético chegou a 316 em toda a história da Copa do Brasil. Assim, o Galo superou o Flamengo e se tornou o time que mais gols tem na competição, disputada desde 1989. Já o técnico Thiago Larghi, ainda interino, chegou aos 14 jogos no comando da equipe. Número que fez Larghi superar Pachequinho, comandante do Coritiba de forma interina por 13 partidas, no ano passado.

Otero é destaque mais uma vez

Assim como aconteceu no clássico, quando foi o grande nome da partida, com três assistências, Otero repetiu a boa atuação contra o Ferroviário. O camisa 11 do Atlético participou bastante das jogadas ofensivas e marcou dois gols, chegando a três na Copa do Brasil. Como no domingo tem o Cruzeiro pela frente novamente, na decisão do Campeonato Mineiro, Otero ficou em campo apenas 45 minutos, mas o suficiente para ser o melhor.

Thiago Larghi bate recorde com 74% de aproveitamento

Com 14 jogos no comando do Atlético, Thiago Larghi se tornou o treinador interino que mais vezes comandou uma equipe da elite do futebol nacional. O atleticano superou a marca de 13 partidas de Pachequinho, estabelecida no ano passado, pelo Coritiba. Outro número impressionante desta sequência é o aproveitamento do time. Desde que Larghi assumiu o comando técnico, o Galo venceu dez vezes, empatou uma e perdeu três. O aproveitamento é de 74% dos pontos disputados.

Ricardo Oliveira fez um gol e foi poupado

A estratégia do Atlético diante do Ferroviário era bem clara. Fazer um bom placar na primeira etapa e ter o poder de poupar mais alguns titulares na etapa final, já que domingo tem clássico decisivo com o Cruzeiro pelo Campeonato Mineiro. Com 3 a 0 no placar, Thiago Larghi sacou Otero e Ricardo Oliveira após os primeiros 45 minutos. O centroavante do Galo manteve o bom momento, com mais um gol na temporada. Já são nove com a camisa alvinegra.

Ferroviário chegou 40 minutos antes de a bola rolar

Um erro de logística, o horário complicado, manifestações e até uma blitz da polícia militar fizeram com que a delegação do Ferroviário chegasse ao Independência somente às 18h50. Apesar da recomendação da empresa que faz o transporte de equipes visitantes em Belo Horizonte, o clube cearense recusou os batedores, por causa do custo de R$ 180. Mesmo com a cortesia do Atlético, a direção do Ferrão dispensou os policiais. Assim, o trajeto do hotel, no bairro Nova Gameleira até o Horto, cerca de 11 quilômetros de distância, foi feito sem escolta policial. Em um fim de tarde marcado por manifestações em BH e por uma blitz na Avenida dos Andradas, próxima ao estádio, fizeram a delegação cearense se atrasar uma hora.

Apesar da facilidade, Galo tomou um susto

O Ferroviário deixou Belo Horizonte sem fazer um golzinho sequer. Mas chance para isso o clube cearense teve, aos oito minutos. O placar já mostrava 1 a 0 para o Atlético, quando o Ferrão teve a oportunidade de empatar com Luis Soares. Porém, o atacante escorregou e não conseguiu finalizar direito, perdendo grande chance, já que Victor estava fora do gol.

Victor também assustou a torcida atleticana

Um escorregão de Victor, ainda no primeiro tempo, foi o outro lance de perigo do Ferroviário. Numa bola em que parecia não ser nenhum problema para a defesa alvinegra, o goleiro atleticano saiu da área e acabou escorregando. Por sorte, a bola ficou com o camisa 1, que na sequência errou o passe e foi salvo por Fábio Santos.

Róger Guedes reaparece após quase um mês

Sem atuar desde o dia 14 de março, na derrota para o Figueirense, também pela Copa do Brasil, Róger Guedes voltou a ser aproveitado por Thiago Larghi. Nas quatro partidas anteriores o atacante ficou no banco de reservas, mas sequer entrou. Contra o Ferroviário, o camisa 23 entrou após o intervalo. Diante de uma defesa frágil, ele não teve dificuldades para jogar e quase fez um golaço, não fosse a defesa do goleiro Léo.

Jogo da volta vai ser no dia 18

Pela diferença técnica dos dois times, o jogo da volta pela quarta fase da Copa do Brasil será apenas para cumprir tabela. O novo duelo entre Atlético e Ceará está marcado para o dia 18 deste mês, no Castelão, em Fortaleza. Apesar de o Ferrão jogar no Presidente Vargas, também na capital cearense, o regulamento impede que estádios com menos de 20 mil lugares sejam utilizados nesta etapa do torneio. Como venceu por 4 a 0, o Galo pode perder até por três gols de diferença que estará nas oitavas de final. Ao Ferroviário resta tentar um milagre, uma goleada por cinco ou mais gols de diferença.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 4 X 0 FERROVIÁRIO-CE

Data: 04 de abril de 2018, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: Quarta fase da Copa do Brasil
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Vinícius Furlan (SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani e Vitor Carmona Metestaine (ambos SP)
Cartões amarelos: Samuel Xavier e Tomás Andrade (CAM) Erandir (FER)
Gols: Ricardo Oliveira a 1 e Otero aos 28 e aos 39 minutos do primeiro tempo; Erik aos 4 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor, Samuel Xavier, Bremer, Gabriel e Fábio Santos (Danilo, aos 25 do 2º); Arouca, Gustavo Blanco, Tomás Andrade, Cazares e Otero (Róger Guedes); Ricardo Oliveira (Erik, no intervalo).
Técnico: Thiago Larghi (interino).

FERROVIÁRIO-CE: Léo, Emerson Santos, Túlio, Erandir e Sávio; Mazinho (Robson Simplício, aos 42 do 1º), Liniker e Janeudo; Luis Soares (Valdeci, no intervalo), Andrei e Juninho Quixadá (Mota, aos 8 do 2º).
Técnico: Ademir Fonseca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos