A culpa não é do macaco: Ponte faz campanha sobre a Febre Amarela

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Divulgação

A Ponte Preta vai usar a simbologia do próprio mascote para lançar uma campanha de conscientização na próxima quarta-feira, dia da partida contra o Náutico, pela Copa do Brasil. Em parceria com a Secretaria da Saúde do Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, o clube carregará a #aculpanãoédosmacacos, com o objetivo de ajudar na prevenção à Febre Amarela e conscientizar os torcedores sobre a inocência dos macacos como papel de transmissor.

Os jogadores vão entrar em campo com uma camisa sem o escudo da Ponte Preta. No lugar, o time estampará a mensagem "a culpa não é dos macacos". A macaca, mascote do clube, será usada para alertar sobre o papel de vítima do primata, e não de transmissor. Influenciadores nas redes sociais também divulgarão a campanha na próxima quarta.

"A Ponte Preta busca atuar sempre em ações sociais e, neste caso específico, ficamos muito felizes em poder ajudar numa questão de conscientização de saúde pública. Além disso, ninguém gosta mais de macaco do que a gente", comentou Eric Silveira, diretor de marketing do clube.

Além de conscientizar os torcedores sobre a inocência do macaco na disseminação da doença, a Ponte Preta vai realizar uma campanha de vacinação no Estádio Moisés Lucarelli, entre 19h45 e 21h45, horário do início da partida.

Segundo dados divulgados pelo Governo do Estado de São Paulo, no último dia 2 de abril, mais de 600 macacos foram mortos desde julho do ano passado. Um terço deste grupo se encontrava na região de Campinas. Ao todo, mais de 1200 casos de Febre Amarela foram registrados desde janeiro de 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos