Derrotados por rivais, Inter e Vitória encaram Copa do Brasil como resgate

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    O Inter do técnico Odair Hellmann (foto) perdeu nas quartas de final para o Grêmio

    O Inter do técnico Odair Hellmann (foto) perdeu nas quartas de final para o Grêmio

Inter e Vitória têm algo em comum: ambos foram derrotados em seus Estaduais exatamente pelos tradicionais rivais. Com isso, o duelo desta quarta-feira (11), jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, às 19h30 (de Brasília), no Beira-Rio, não se trata apenas da abertura de uma classificatória, mas da busca por uma fase melhor.

O Internacional foi eliminado do Gauchão há 21 dias. Depois de classificar-se melhor do que o Grêmio na primeira fase, teve dois duelos com o Tricolor nas quartas de final. Perdeu o primeiro por 3 a 0 na Arena e faltou um gol para levar a decisão para os pênaltis no jogo de volta. Venceu por 2 a 0 no Beira-Rio mas ficou fora. De quebra, viu o oponente histórico levantar a taça no último domingo.

Já o Vitória disputou a final do Campeonato Baiano com o Bahia. Perdeu ambos os jogos, o primeiro por 2 a 1, a segunda por 1 a 0. Viu o rival ser campeão em pleno Barradão e nem mesmo teve período de preparação semelhante ao Inter, pois estava em atividade ainda no último fim de semana.

A Copa do Brasil, desde o início do ano, é tratada com carinho pelo Internacional. Ciente de que terá dificuldades no Brasileiro, já que veio de uma Série B e está distante da turma dos favoritos no torneio, o time vermelho encara a competição como a oportunidade de voltar a conquistar um título importante.

E mesmo que não seja campeão, passar de fase já seria valioso pois mais de R$ 5 milhões entrariam nos cofres do clube.

"Agora é mata-mata pela Copa do Brasil, o período de treinamento foi importante. Temos que fazer um grande jogo e conseguir a vitória", disse o zagueiro Rodrigo Moledo. "São menos jogos para um título e uma vaga na Libertadores, precisamos estar focados", completou.

No recesso, o Internacional recuperou o elenco. Apenas três jogadores estão ausentes da partida: Leandro Damião, Dudu e Danilo Fernandes. Todos em processo de regresso ao time.

Já o Vitória teve boas notícias vindas do Tribunal. O zagueiro Kanu teve pena pela briga generalizada no primeiro clássico com o Bahia reduzida e está relacionado para o jogo. Yago, que tinha sido suspenso por dois jogos devido a um cartão vermelho na Copa do Brasil, também teve a pena reduzida e está apto a atuar. Já André Lima e Neílton, lesionados, ficam fora.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X VITÓRIA
Data e hora:
11/04/2018 (quarta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Sportv
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo da Costa (ambos de SP)
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick, Edenílson, Rossi e D'Alessandro; Roger.
Técnico: Odair Hellmann
VITÓRIA: Fernando Miguel; Lucas Marques, Kanu, Walisson Maia e Juninho; Uilliam Correa, Lucas Marques, Yago e Rhayner; Denílson e Jonatas Beluso.
Técnico: Vagner Mancini

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos