Com Borja decisivo, Palmeiras vence América-MG e sai na frente nas oitavas

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras saiu na frente do América-MG nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (9), no Independência, o time paulista venceu por 2 a 1, com destaque para a atuação de Borja: após duas chances incríveis perdidas, ele fez o primeiro gol e deu a assistência para Keno marcar o segundo. Serginho descontou para os mineiros após erro do zagueiro Antônio Carlos.

O técnico Roger Machado escalou força máxima, mesmo tendo clássico contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (13), na casa do rival. Já o América-MG volta a campo contra o Ceará, na segunda-feira (14), em Fortaleza.

O Palmeiras teve as melhores chances do jogo, mas sofreu pressão nos minutos finais. O jogo de volta com o América-MG, em São Paulo, acontecerá apenas daqui a duas semanas, em 23 de maio.

Borja perde gols incríveis, mas acerta na terceira

Parecia que não seria o dia de Borja. De volta ao time titular, o colombiano perdeu dois gols inacreditáveis no Independência em um intervalo de três minutos. Primeiro, recebeu na cara do gol, mas errou o domínio completamente e desperdiçou a chance de finalizar; depois, ficou sem goleiro após cruzamento rasteiro de Dudu, mas desviou para fora.

A redenção veio aos 37 minutos, quando Lucas Lima deu cruzamento perfeito e Borja apareceu por trás da zaga para completar e abrir o placar. Depois, ainda deu assistência para o gol de Keno com um passe na medida após contra-ataque.

Lucas Lima segue orientação de Roger: menos participação, mais decisão

Assim como nos últimos jogos, Lucas Lima seguiu a orientação recente de Roger Machado para buscar menos a bola no campo de defesa e se manter mais perto do gol adversário, nas costas dos volantes rivais. O resultado foi que o camisa 20 participou menos vezes do jogo, especialmente da saída de bola. Mas quando teve a chance, foi efetivo: se movimentou para receber de Dudu na esquerda e acertou um cruzamento certeiro para Borja fazer o primeiro gol. Foi a sétima assistência dele no ano.

Palmeiras volta a sofrer na saída de bola e entrega gol

Com Lucas Lima adiantado, o Palmeiras voltou a ter problemas para sair jogando. Nas vezes em que o América-MG subiu a marcação, o time paulista quase sempre ficou com poucas opções de passe e teve que apelar para chutões. Aos poucos, porém, o ímpeto dos mineiros para pressionar foi diminuindo, e o Palmeiras conseguiu criar mais jogadas de trás, especialmente com as inversões de jogo de Bruno Henrique e Felipe Melo. Já no segundo tempo, Antônio Carlos errou na saída e perdeu a bola para Aylon, que serviu Serginho para diminuir.

América-MG dá sustos no contra-ataque

O time da casa apostou em uma estratégia bem defensiva. Aderlan, lateral direito de ofício, foi escalado na ponta para ajudar a marcar por aquele setor; do outro lado, Luan, velho conhecido dos palmeirenses, também se dedicou muito na marcação. O time pressionou bem a saída do Palmeiras, soube fechar a entrada da área e deu alguns sustos no contra-ataque. Nas melhores chances, Luan errou a finalização após cruzamento e Jailson salvou um desvio à queima-roupa de Rafael Moura.

Palmeiras alterna bons momentos com sufoco no fim

O time de Roger cresceu de produção no segundo tempo e teve longos momentos de domínio, rodando a bola no campo de ataque e conseguindo espaço para finalizações. No contra-ataque, ampliou com Keno, após bom passe de Borja. Mas a entrada de Aylon no lugar de Rafael Moura deu novo fôlego ao ataque do América-MG, que descontou após roubar a bola na saída alviverde. O Palmeiras se fechou nos minutos finais e levou sufoco do time da casa, que não chegou ao empate graças a mais uma intervenção crucial de Jailson.

FICHA TÉCNICA

América-MG 1 x 2 Palmeiras

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 09/05/2018
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Neuza Ines Back (SC)

Gols: Borja, aos 37 minutos do 1º tempo; Keno, aos 11 minutos, e Serginho, aos 29 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Rafael Lima e Leandro Donizete (América-MG)

América-MG: João Ricardo; Norberto (Marquinhos), Messias, Rafael Lima e Giovanni; Christian e Leandro Donizete; Aderlan, Serginho e Luan (Ruy); Rafael Moura (Aylon). Técnico: Enderson Moreira

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Bruno Henrique e Felipe Melo (Thiago Santos); Keno (Willian), Lucas Lima (Guerra) e Dudu; Borja. Técnico: Roger Machado

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos