Santos leva susto, mas Gabigol brilha e comanda goleada contra o Luverdense

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos levou um sustou ao sair perdendo para o modesto Luverdense nesta quinta-feira, em plena Vila Belmiro, mas virou o jogo no segundo tempo e goleou o time de Mato Grosso, por 5 a 1, em sua estreia na Copa do Brasil, na fase de oitavas de final. Os visitantes abriram o marcador após falha de Vanderlei e tiveram diversas oportunidades de ampliar no primeiro tempo. No entanto, Gabigol comandou a virada santista. O camisa 10 marcou três gols, um deles de letra.

Ele foi o responsável pelo gol de empate do Santos no primeiro tempo, além de fazer o terceiro e quarto na segunda etapa. Gustavo Henrique, desviando de perna direita após cruzamento de Vitor Bueno, marcou o segundo gol santista, e Yuri Alberto, que entrou no lugar de Rodrygo no final da partida, fechou o placar.

As novidades de Jair Ventura no time titular surtiram efeito. Victor Ferraz e Vitor Bueno deixaram suas assistências na goleada santista.

Vale lembrar que o Luverdense "pagou" a goleada sofrida pelo Santos diante do Grêmio pelo mesmo placar (5 a 1), no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe santista entrou bastante pressionada, mostrou nervosismo no primeiro ao empatar com o Luverdense, mas de redimiu na segunda etapa.

Santos e Luverdense disputam o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na próxima quinta-feira (17), em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso. Antes disso, a equipe santista encara o Paraná, domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Quem foi o melhor: Gabigol marca três e volta a brilhar na Copa do Brasil

Gabigol se redimiu após perder um gol quando a partida estava empatada e marcou três gols na Vila Belmiro. Com isso, ele disparou na liderança da lista de maiores artilheiros do time na Copa do Brasil. Agora são 18 gols contra 13 de Neymar, segundo colocado.

Quem foi o pior: Sodré, uma "avenida" na Vila

O defensor Diogo Sodré foi uma espécie de "avenida" na Vila Belmiro. Ele deu bastante espaço para os atacantes santistas na goleada sofrida de sua equipe.

Parecia o Vanderlei

O goleiro Diogo Silva fez uma grande defesa, no melhor "estilo Vanderlei" na Vila Belmiro. Após cruzamento de Alison, Eduardo Sasha cabeceou no canto direito do goleiro, fez uma "ponte" e espalmou para escanteio.  Se não bastasse, o goleiro fez um "milagre" no segundo tempo ao buscar uma bola no ângulo em cobrança de falta de Jean Mota.

Vanderlei falha em gol do Luverdense

O goleiro Vanderlei, colecionador de grandes defesas e ídolo da torcida santista, falhou no gol do Luverdense. O camisa 1 perdeu o tempo de bola e, por conta disso, o cruzamento de Itaqui entrou direto no gol. 

Gustavo Henrique perde dois gols em menos de dois minutos

Antes de marcar o seu gol na partida, o zagueiro Gustavo Henrique parecia que não viveria um grande dia. Ele teve duas grandes oportunidades para abrir o placar, mas não teve sucesso. Aos 13 minutos, ele cabeceia para boa defesa do goleiro. Na sequência da jogada, o defensor finaliza na entrada da pequena, mas por cima do gol.

Vanderlei se redime em pressão do Luverdense

O goleiro Vanderlei se redimiu da falha no gol do Luverdense. O ídolo santista fez uma grande defesa em chute de Paulo Renê da entrada na área aos 45 minutos do primeiro tempo. Na sequência, os visitantes mantiveram a pressão. Lucas Braga chuta cruzado, Vanderlei espalma para o meio da área, mas Dodô afasta o perigo.

Santos sofre dois desfalques de última hora

O meia Léo Cittadini e o zagueiro David Braz sofreram lesões e foram vetados minutos antes da partida iniciar. O primeiro sofreu entorse no tornozelo direito, enquanto Braz está com dores musculares na perna direita. Vitor Bueno e Gustavo Henrique foram os substitutos.

Pressão da torcida

A torcida pressionou os jogadores do Santos dentro e fora do estádio. Além das vaias após o empate no primeiro tempo por 1 a 1, os torcedores levaram faixas de protesto e penduraram em frente aos portões da Vila Belmiro. Eles cobraram atletas e diretoria. "Ah, mais que barato, salário está em dia, mas futebol está atrasado", foi um dos 'gritos de guerra' da torcida na Vila.

Ficha Técnica

Santos 5 x 1 Luverdense

Data e horário: 10/05/2018, às 21h45 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) (CBF)
Assistentes: Michael Correira (RJ) (CBF) e Thiago Henrique Neto Correa

Gols: Gabigol aos 24 do primeiro tempo e 13 e 17 do segundo tempo, Gustavo Henrique aos 22 minutos e Yuri Alberto aos 43 minutos (Santos); Itaqui (Luverdense)

Cartões amarelos: Alison e Gabigol (Santos); Rafael Silva, Moisés e Paulinho (Luverdense)

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo, Dodô; Alison (Yuri); Eduardo Sasha (Yuri Alberto), Jean Mota, Vitor Bueno (Arthur Gomes), Rodrygo; Gabigol.
Técnico: Jair Ventura.

Luverdense: Diogo Silva, Itaqui, Kaique, André Ribeiro e Paulinho; Diogo Sodré, Moisés e Elton (Rubinho); Lucas Braga, Rafael Silva (Adriano) e (Paulo Renê (Ariel).
Técnico: Luizinho Vieira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos