Jogadores do Atlético-MG evitam entrevistas após queda na Copa do Brasil

Victor Martins

Do UOL, em Chapecó (SC)

A decepção com a eliminação na Copa do Brasil fez com que os jogadores do Atlético-MG evitassem falar com a imprensa na saída do gramado da Arena Condá. Os atletas seguiram para o vestiário sem atender o chamados dos repórteres que estavam na zona mista do estádio.

O Atlético teve uma atuação ruim, sem criar uma boa chance sequer e empatou em 0 a 0 com a Chapecoense. O resultado levou a decisão da vaga nas quartas de final para a disputa de pênaltis, já que o duelo de ida também terminou empatado em 0 a 0, no Independência.

A queda na Copa do Brasil é um duro golpe no planejamento da diretoria atleticana, que tinha o torneio como a grande prioridade do clube na temporada, especialmente pela questão financeira. O campeão vai levar mais de 60 milhões em prêmios. Motivo pelo qual o Galo colocou a Sul-Americana em segundo plano e utilizou um time reserva na semana passada, contra o San Lorenzo. O Atlético também foi eliminado do torneio internacional após empatar em 0 a 0 com o time argentino, que havia vencido o duelo de ida, por 1 a 0, em Buenos Aires.

Agora, resta ao Atlético apenas o Campeonato Brasileiro. O time mineiro tem clássico com o Cruzeiro, neste sábado, às 16h, no Independência. O Galo ocupa a terceira colocação, com 10 pontos, mesma pontuação de Flamengo e Corinthians, ficando atrás apenas pelos critérios de desempate.

De cabeça fria, após alguns minutos no vestiário, o capitão Leonardo Silva e o goleiro Victor falaram rapidamente com os jornalistas. Foram os únicos jogadores do Galo que comentaram sobre a eliminação na Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos